Sociedade | 30-12-2022 12:00

Câmara de Coruche atribui 60 bolsas de estudo

Município reforçou a mensalidade das bolsas em 20 euros.

A Câmara de Coruche vai atribuir 60 bolsas de estudo para o ano lectivo 2022/2023. Das 60 bolsas atribuídas 44 são comparticipadas pelo município e 16 pela empresa Neoen, que opera no concelho na área das energias renováveis. Tendo em conta a actual conjuntura a autarquia vai reforçar a mensalidade em 20 euros. A atribuição das 60 bolsas de estudo faz parte de um programa de apoio aos jovens com aproveitamento escolar que pretendam ingressar e prosseguir os seus estudos no ensino superior. “O objectivo é procurar reduzir os efeitos das desigualdades sociais que acabam por dificultar o acesso de alunos com dificuldades económicas ao ensino superior”, refere o presidente do município, Francisco Oliveira.

O autarca considera que este é um importante programa de apoio aos “nossos jovens mas também às nossas famílias tentando, dentro da responsabilidade da câmara, auxiliar a progressão dos estudos dos jovens de Coruche”, acrescenta o presidente do município. A Câmara de Coruche tem reforçado o número de bolsas ao longo dos anos. Em 2022/2023 optaram por reforçar o apoio mensal. “Esta é uma das áreas prioritárias para o executivo da Câmara de Coruche uma vez que ao investirmos no futuro dos nossos jovens estamos a investir no futuro do nosso concelho”, sublinha Francisco Oliveira.

A Câmara de Coruche atribui também anualmente os “Prémios de Mérito Escolar” distinguido os alunos do ensino secundário que se destacaram no ano lectivo anterior incentivando os jovens a prosseguir os estudos, “com empenho e obter boas classificações”.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Médio Tejo