Sociedade | 01-01-2023 21:00

Continua a luta por ciclovia e caminho pedonal na variante de Vialonga

Continua a luta por ciclovia e caminho pedonal na variante de Vialonga
FOTO CMVFX

Estrada é usada diariamente por bastantes moradores que ali praticam desporto mas é perigosa e já houve registo de acidentes com mortos nos últimos dois anos.

A Estrada Municipal 501-1, mais conhecida por variante de Vialonga, precisa com urgência de uma ciclovia e caminho pedonal que aumente a segurança de quem ali pratica desporto diariamente e dos condutores.

A convicção é dos autarcas da CDU que vão apresentar na primeira reunião pública de câmara de 2023 uma proposta para que o município avance com os trabalhos e reconheça a necessidade de um caminho pedonal na variante, enquanto futuro equipamento desportivo e de lazer estruturante para a freguesia de Vialonga, que poderia aliar a pratica desportiva de caminhada, corrida e bicicleta a um conjunto de espaços verdes e de lazer já existentes nas proximidades.

O documento vai a votação e os comunistas pedem no documento que o município, “num processo de participação activa da população”, programe a construção de troços pedonais e ciciáveis e avalie a necessidade de qualificar os espaços existentes, dotando-os de pavimentos adequados, melhor sinalização, mobiliário urbano e equipamentos lúdicos como parques infantis.

Ao contrário das freguesias que usufruem da proximidade da frente ribeirinha, Vialonga está afastada e há muito que a população reclama por um circuito de manutenção física onde possa exercitar-se em segurança.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1596
    11-01-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1596
    25-01-2023
    Capa Médio Tejo