Sociedade | 02-01-2023 21:00

Índice de envelhecimento no concelho de Santarém é preocupante

Índice de envelhecimento no concelho de Santarém é preocupante
Liga dos Amigos do Hospital de Santarém apresentou projecto Vida Sénior que tem o objectivo de oferecer mais saúde e bem-estar aos mais velhos do concelho

No concelho de Santarém o Índice de Envelhecimento passou, nos últimos anos, de 41,16% para 204,7% sendo que dos cerca de 59 mil residentes no concelho cerca de 15 mil são idosos.

A Liga dos Amigos do Hospital de Santarém apresentou o projecto Vida Sénior que assenta em dois pilares: alimentação e exercício físico. O objectivo do projecto é oferecer mais saúde e bem-estar aos seniores do concelho de Santarém através da prevenção e promoção de hábitos de vida saudáveis.

Portugal é o 5º país do mundo mais envelhecido do mundo e em 2040 ocupará a quarta posição, segundo dados da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico) e os índices de envelhecimento no concelho de Santarém são preocupantes. As palavras são do presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, que participou na apresentação do projecto Vida Sénior, da Liga dos Amigos do Hospital de Santarém, que decorreu a 20 de Dezembro, dia em que se assinalou o Dia Internacional da Solidariedade Humana.
“Segundo os Censos de 2021 apenas 51 concelhos em 308 ganharam população nos últimos dez anos. A população é cada vez mais idosa e por isso este projecto faz todo o sentido. Programas como este são fundamentais para manter os idosos activos e com saúde. A população sénior continua a ser uma das grandes preocupações do executivo municipal. Dos cerca de 59 mil residentes no concelho cerca de 15 mil são idosos”, referiu Ricardo Gonçalves, acrescentando que o município é um parceiro do projecto.
O professor coordenador na Escola Superior de Saúde de Santarém, José Amendoeira, explicou que, segundo o Índice de Envelhecimento, o concelho de Santarém passou, nos últimos anos, de 41,16% para 204,7%. “O envelhecimento da população traz desafios à qualidade de vida das pessoas idosas assim como aos seus cuidadores, sejam formais ou informais”, disse. O professor mencionou também que 60,8% da população portuguesa mais velha sente-se limitada na realização de actividades consideradas habituais para a generalidade das pessoas, o que se deve a problemas de saúde.
O projecto Vida Sénior foi criado por Christine Dellau, médica que se especializou há mais de 20 anos em Anatomia Patológica. O projecto assenta em dois pilares: alimentação e exercício físico. O objectivo é oferecer mais saúde e bem-estar aos seniores do concelho de Santarém através da prevenção e promoção de hábitos de vida saudáveis. “É preciso dar aos seniores condições para que se possam tornar um grupo da sociedade mais resistente às doenças, mais digno, mais autónomo, mais participativo e, sobretudo, mais feliz”, referiu Christine Dellau, que integra a Liga dos Amigos do Hospital de Santarém.
Carlos Coutinho, administrador da empresa municipal Viver Santarém, e Rita Rocha, da Escola Superior de Desporto de Rio Maior, ambas parceiras do projecto, defendem a promoção de um envelhecimento activo e saudável que vai melhorar a longevidade com qualidade de vida.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Médio Tejo