Sociedade | 04-01-2023 07:00

Tomar esteve uma semana com quatro ambulâncias avariadas

Presidente da Câmara de Tomar assegurou que a prestação de socorro no concelho “nunca esteve em causa” e, entretanto, duas ambulâncias já regressaram ao serviço.

As quatro ambulâncias dos Bombeiros Municipais de Tomar estiveram todas avariadas na semana passada, situação entretanto ultrapassada com o regresso de dois veículos ao serviço. Para a presidente da Câmara de Tomar, Anabela Freitas, a prestação de socorro “nunca esteve em causa”. “Temos quatro ambulâncias de emergência pré-hospitalar sendo que uma delas é do INEM. Assim que a última ambulância avariou imediatamente informámos o INEM e o Centro de Operações Distritais de Socorro de Santarém, bem como o Centro de Operações de Doentes Urgentes no sentido de fazer imediatamente a triangulação com outra corporações vizinhas caso acontecesse alguma situação no concelho de Tomar”, disse a autarca a O MIRANTE.
Anabela Freitas informou que na segunda-feira, 19 de Dezembro, entrou ao serviço no concelho uma ambulância da Cruz Vermelha portuguesa que esteve ao serviço com tripulação própria. No dia seguinte entraram ao serviço uma nova ambulância da Cruz Vermelha e outra do corpo de bombeiros do município do Sardoal.
A autarca socialista considerou na última reunião de câmara que “mesmo com as quatro ambulâncias a funcionar vêm sempre bombeiros de fora; e não é por solidariedade, é porque é obrigatório fazer a circulação”, disse Anabela Freitas em resposta a Tiago Carrão, vereador do PSD. “Nunca esteve em perigo não haver o socorro no concelho de Tomar”, assegurou a presidente da câmara.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1596
    11-01-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1596
    25-01-2023
    Capa Médio Tejo