Sociedade | 08-01-2023 18:00

Passagem de nível do Peso continua bloqueada e sem solução à vista

Passagem de nível do Peso continua bloqueada e sem solução à vista
Os agricultores com propriedades nos campos das Caneiras queixam-se dos enormes prejuízos que o bloqueio da passagem de nível do Peso lhes causa

Encerrada em Abril de 2020, após um grave acidente, a passagem de nível do Peso constituía uma importante alternativa rodoviária de acesso a Santarém para a população e agricultores da zona das Caneiras.

As fortes chuvas de Dezembro deixaram intransitável durante alguns períodos a única ligação rodoviária entre a aldeia das Caneiras e a cidade de Santarém, expondo mais uma vez a necessidade de se criar uma alternativa à bloqueada passagem de nível do Peso, que era a opção que restava para o trânsito automóvel. A passagem de nível encontra-se encerrada desde final de Abril de 2020, quando ali se registou um segundo acidente mortal em quatro anos envolvendo um comboio e um camião.
O problema foi mais uma vez levantado pelo presidente da União de Freguesias da Cidade de Santarém, na última sessão da assembleia municipal. Diamantino Duarte referiu que a população das Caneiras fica isolada sempre que chove com muita intensidade, porque a estrada que liga às Ómnias e a Santarém fica inundada. Isto apesar da junta de freguesia ter vindo a abrir novas linhas de drenagem na zona das Ómnias e do aeródromo. “Vamos ver agora se com as obras de mais uma vala de drenagem, que um proprietário nos autorizou a fazer, conseguimos resolver o problema, disse o autarca.
Diamantino Duarte sublinhou que a única alternativa seria a estrada do Peso, mas com o fecho da passagem de nível o acesso ficou bloqueado. Daí ter perguntado ao presidente da câmara se têm havido contactos com a empresa pública Infraestruturas de Portugal (IP), responsável pela passagem de nível, no sentido de ali ser criada uma solução desnivelada que permita o atravessamento da linha férrea. “Sei que já lá fizeram levantamentos topográficos, mas já passou mais de um ano e à junta de freguesia nunca mais chegou qualquer informação”, disse.
Na resposta o presidente da câmara, Ricardo Gonçalves, informou que tinha tido uma reunião em meados de Dezembro com o então ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, que entretanto se demitiu, e que a passagem de nível do Peso foi um dos assuntos falados. A informação recolhida nesse encontro foi a de que a IP estava a trabalhar num projecto, mas não foram avançadas datas.
O MIRANTE tem dado nota dos transtornos que o encerramento dessa passagem de nível na Linha do Norte tem causado para a população e economia locais. Os agricultores com propriedades nos campos das Caneiras, nos arredores de Santarém, queixam-se dos enormes prejuízos que esse bloqueio lhes causa. Com a interdição daquela passagem rodoviária são obrigados a fazer o dobro dos quilómetros com os reboques carregados de produtos, o que implica mais custos no combustível, mais tempo de trabalho perdido e mais desgaste nas viaturas.

Passagem de nível mortal

Na passagem de nível da estrada do Peso houve dois acidentes, cada um com uma vítima mortal, nos últimos quatro anos – um a 8 de Novembro de 2016 e outro a 22 de Abril de 2020. Em ambos os casos os camiões não conseguiram atravessar a ferrovia a tempo de evitar o embate do comboio. Perante a situação, a empresa pública Infraestruturas de Portugal (IP) decidiu encerrar a travessia rodoviária devido à sua perigosidade. A solução deve passar pela construção no local de uma passagem desnivelada, uma opção que a câmara já vem defendendo há alguns anos junto da IP.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1596
    11-01-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1596
    25-01-2023
    Capa Médio Tejo