Sociedade | 13-01-2023 16:57

Construção da nova Casa do Benfica em Santarém não sai do papel

Construção da nova Casa do Benfica em Santarém não sai do papel

Processo arrasta-se há mais de quatro anos e as sucessivas datas apontadas, quer para o início quer para o fim das obras, têm sido sucessivamente ultrapassadas. O protocolo entre a Câmara de Santarém e o SL Benfica, para cedência gratuita de espaços municipais ao clube, continua por assinar.

Falhou mais um prazo para a celebração do protocolo entre a Câmara de Santarém e o Sport Lisboa e Benfica com vista à construção da nova Casa do Benfica em Santarém, nas cafetarias devolutas do Jardim da Liberdade. Os espaços vão ser cedidos gratuitamente ao clube pelo município, mas a formalização do acordo tarda em ser posto no papel.

O presidente do município escalabitano, Ricardo Gonçalves (PSD), havia dito em Setembro último, em sessão da assembleia municipal, que o protocolo entre as duas entidades já estava fechado e que seria assinado em breve, mas a verdade é que até final de 2022 não houve qualquer evolução num processo que se arrasta há anos.

Na última reunião do executivo, Ricardo Gonçalves voltou a ser questionado sobre o assunto pela vereadora socialista Sofia Martinho e não escondeu algum desconforto com a situação. O autarca afirmou que iria falar com o clube presidido por Rui Costa para “saber se querem ou não querem” avançar com o projecto. “Está tudo do lado do Benfica”, enfatizou.

Ricardo Gonçalves voltou a lançar críticas ao grupo de cerca de trinta cidadãos que há uns anos se pronunciou publicamente contra a localização da nova Casa do Benfica. Referiu que esse grupo de personalidades “tudo fez para parar o projecto”, quando o Benfica tinha tudo pronto para avançar, tendo, inclusivamente, ido a Lisboa apresentar as suas razões à Direcção Geral do Património Cultural (DGPC). O autarca reforçou que o projecto não andou mais rapidamente por causa dessa situação e que “houve forças que não queriam que as coisas acontecessem”. A verdade é que a DGPC acabaria por dar parecer positivo ao projecto em Setembro de 2019 mas nem assim se verificaram grandes avanços. A pandemia e as eleições no SL Benfica foram justificações dadas pelo clube para o arrastar do processo.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1596
    11-01-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1596
    25-01-2023
    Capa Médio Tejo