Sociedade | 17-01-2023 07:00

Passe das Virtudes vai continuar a ser o mais caro do concelho de Azambuja

Passe das Virtudes vai continuar a ser o mais caro do concelho de Azambuja
Utilizadores da estação ferroviária das Virtudes não foram contemplados com a redução do passe social único

Utilizadores da estação ferroviária das Virtudes vão continuar a pagar mais do que os restantes do concelho de Azambuja. Proposta do Chega para que a Câmara de Azambuja suportasse a diferença foi chumbada pelo PS e CDU.

O executivo socialista que governa a Câmara de Azambuja e a CDU chumbaram a proposta do Chega para compensar financeiramente os utilizadores da estação ferroviária das Virtudes que continuam a não beneficiar da redução do preço no passe social único para viajar até Lisboa, ao contrário dos utilizadores de Azambuja e Vila Nova da Rainha que foram contemplados pelo Navegante Metropolitano.
O presidente do município, Silvino Lúcio, justificou o sentido de voto dizendo que vai continuar a dialogar com o Governo e a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo, no sentido de permitir que os utilizadores das Virtudes passem a pagar o mesmo que os restantes do mesmo concelho. “O município fá-lo-á quando entendermos que estão esgotadas todas as possibilidades para que não seja assumida esta situação pelo Governo”, disse.
O autarca, que chegou a pedir à vereadora do Chega, Inês Louro, que retirasse a proposta anunciando que caso não o fizesse os socialistas iriam votar contra, acabou por se comprometer com um prazo de seis meses para tentar resolver um problema que se arrasta desde o mandato autárquico anterior, também governado pelo PS e no qual Silvino Lúcio foi vice-presidente.
Na proposta o Chega sublinha que os estudantes da freguesia de Aveiras de Baixo para circularem para a Área Metropolitana de Lisboa pagam 49 euros e que os demais utilizadores da mesma freguesia pagam a mensalidade de 65 euros, ou seja, respectivamente mais 18,50 euros e mais 24 euros, o que corresponde ao valor do passe de comboio entre as Virtudes e Azambuja. O que constitui, salientou Inês Louro, uma clara “discriminação” entre munícipes do mesmo concelho.
A eleita do Chega lembrou ainda que em campanha eleitoral, Silvino Lúcio prometeu que a câmara municipal iria suportar a diferença das mensalidades do passe pago pela pelos utilizadores das Virtudes. Também o vereador do PSD, Rui Corça, criticou a falta de comprometimento com a promessa eleitoral, acrescentando que o valor que o município iria ter que suportar é “reduzido” e iria “resolver uma situação de injustiça aos munícipes”.
A estação ferroviária das Virtudes localiza-se na freguesia de Aveiras de Baixo e é a única das três do concelho de Azambuja que não foi beneficiada com a redução do passe social único. Diariamente apanham o comboio naquela estação entre 50 a 47 utilizadores residentes na freguesia de Aveiras de Baixo.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1596
    11-01-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1596
    25-01-2023
    Capa Médio Tejo