Sociedade | 19-01-2023 18:00

Assaltos violentos na Calhandriz

Assaltos violentos na Calhandriz
Uma casa da família de Ana Afonso e de outra moradora da aldeia já foram assaltadas e os meliantes continuam a monte

Nos últimos meses foram assaltadas três habitações e há registo de outras duas situações em que os ladrões foram travados pelos alarmes. Prejuízos são de milhares de euros. Moradores criticam falta de policiamento e os larápios ainda estão a monte.

Três assaltos violentos em habitações da Calhandriz em quatro meses, de onde os ladrões levaram milhares de euros em ouro e outros bens pessoais, estão a deixar a comunidade preocupada, com medo e a pedir maior policiamento às autoridades. Outras duas habitações foram também alvo de tentativas de intrusão mas valeu o ruído dos alarmes que rapidamente afastou os meliantes. Quem vive na localidade diz que a Guarda Nacional Republicana (GNR) nunca é vista por aquelas bandas e que falta urgentemente maior policiamento de proximidade. O facto do posto mais próximo estar localizado na Castanheira do Ribatejo (a 20 quilómetros) também não ajuda.

Leia a notícia completa na edição em papel de O MIRANTE

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Médio Tejo