Sociedade | 19-01-2023 21:00

Sandra May: a bailarina que já foi sargento e que vive encantanda com o Arripiado

Sandra May: a bailarina que já foi sargento e que vive encantanda com o Arripiado
Sandra May foi bailarina profissional, sargento no Exército Português e está a dar os primeiros passos no mundo dos livros

Sandra May, nome artístico de Sandra Barbosa, está a dar os primeiros passos no mundo dos livros.

É natural de Viana do Castelo, onde nasceu em 1994, mas foi na cidade do Porto que cresceu como mulher. Formou-se como bailarina profissional, estudou criminologia e, mais tarde, abdicou da sua criatividade e espírito livre pelo método e disciplina do Exército Português. “A tropa deu-me muito, mas também me tirou muito”, afirma em conversa com O MIRANTE. Actualmente vive na aldeia ribeirinha do Arripiado, concelho da Chamusca, onde diz querer passar o resto da vida a contemplar o Tejo e a inspirar-se para fazer a diferença no mundo.

A célebre música dos GNR, “Pronúncia do Norte”, é o primeiro tópico da conversa com Sandra May que, embora viva na região ribatejana há alguns anos, continua a pensar em tudo e a dizer tudo o que pensa, próprio de quem é do Norte do país. A leveza e o sorriso constante no rosto reflectem de forma inequívoca o seu estado de alma; está grávida pela primeira vez e feliz pelo local que escolheu para viver com a sua família. “Sou apaixonada pelo Arripiado e pelo rio Tejo; comprei a casa dos meus sonhos e quero fazer a diferença nesta que é uma das aldeias mais bonitas do nosso país”, afirma.

Leia a notícia completa na edição em papel de O MIRANTE

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1596
    11-01-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1596
    25-01-2023
    Capa Médio Tejo