Sociedade | 20-01-2023 15:00

Escola cedida a empresa extinta há uma década regressa à posse do município de Azambuja

A Escola de Grandella corre o risco de voltar a cair em ruína

Emblemática Escola Almeida Grandella cedida em 2004 pelo período de 99 anos a uma empresa dissolvida há 10 vai finalmente voltar à posse da autarquia. Câmara de Azambuja quer dar nova vida ao edifício símbolo da maçonaria que está praticamente em ruínas.

A Câmara de Azambuja conseguiu finalmente resolver o imbróglio jurídico da cedência por 99 anos de um direito de superfície da Escola Francisco Almeida Grandella, situada em Tagarro, à empresa privada Nobre & Filhos S.A., dissolvida em 2013. O emblemático edifício símbolo da maçonaria está degradado e ao abandono há vários anos para lamento da população daquela localidade da freguesia de Alcoentre mas a autarquia, que aprovou na última reunião do executivo a extinção do direito de superfície, pensa agora em dar-lhe uma nova vida.


*Notícia desenvolvida na edição semanal de O MIRANTE de 26 de Janeiro

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Médio Tejo