Sociedade | 30-01-2023 12:00

Ourém quer ligar Fátima a Leiria através de metro de superfície

Ourém quer ligar Fátima a Leiria através de metro de superfície
Câmara de Ourém aponta número de habitantes do concelho e peregrinos que visitam Fátima anualmente como dois factores para implementação de metro à superfície

Proposta de consideração do projecto foi aprovada por unanimidade em reunião camarária de Ourém. Pretende-se que o metro de superfície vá ligar a estação de Alta Velocidade em Leiria ao centro de Fátima.

A Câmara de Ourém pretende ligar Fátima à cidade de Leiria através da construção de um metro de superfície. A proposta de consideração de execução a inserir no Plano Ferroviário Nacional foi apresentada em reunião camarária e aprovada por unanimidade. O projecto exige a aplicação de verbas do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).
Como é descrito na apreciação pública do projecto, a região de Fátima sofre com a ausência de serviços ferroviários numa zona que recebe anualmente “milhares de pessoas, fluxos contínuos e directamente relacionados com as demais infraestruturas nacionais (rodoviárias e aeroportuárias)”. A autarquia admite a dificuldade no transporte de passageiros até Fátima uma vez que as estações de comboios mais próximas estão a mais de 20 quilómetros.
A proposta visa a criação de uma ligação regional entre a projectada estação de Alta Velocidade em Leiria e Fátima através de “um metropolitano de superfície, eléctrico, moderno, confortável e de grande qualidade”, que vai circular nas principais ruas da cidade de Leiria e vai ligar ao centro da cidade de Fátima “aproveitando o traçado da via rodoviária nalguns locais e faixas alternativas adjacentes noutras partes de traçado”, esclarece a autarquia na apreciação pública.
O número de habitantes do concelho de Ourém e de peregrinos que visitam Fátima anualmente são dois factores apontados que justificam a necessidade de uma resposta viável de transporte e mobilidade de passageiros. As metas de descarbonização e a redução da utilização do automóvel dentro das cidades também são dois pontos chave no projecto. A autarquia refere que a proximidade com o concelho de Leiria “tem potenciado uma vivência de pessoas e comércio entre os distritos e uma posição verdadeiramente trans regional”.
“Um sistema de mobilidade ferroviária como este tem facilidade de integração no tecido urbano da cidade de Leiria na sua ligação até Fátima (menos de 30 quilómetros), podendo inclusivamente penetrar em zonas comerciais, pedonais e de recreio, e confere-lhe um carácter único com o sistema de transporte compatível com o resto das actividades das comunidades urbanas”, explica a autarquia no documento.

190 mil euros para reabilitar vias de Fátima
O presidente da Câmara Municipal de Ourém, Luís Albuquerque, referiu em reunião camarária que vai avançar para a requalificação de diversas estradas da freguesia de Fátima. No total vão ser investidos perto de 190 mil euros nos trabalhos de requalificação. A Rua das Vagens vai ser reabilitada a nível da rede viária, numa obra que tem orçamento previsto de cerca de 120 mil euros com prazo de execução proposto de 90 dias. Na zona urbana de Fátima vão decorrer trabalhos de reconversão de espaços verdes. Os trabalhos estão avaliados em cerca de 70 mil euros e o prazo de execução é de 180 dias.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo