Sociedade | 22-02-2023 10:00

Escola do tempo da ditadura vai albergar sede da Junta de Fazendas de Almeirim

A Câmara de Almeirim vai investir 582 mil euros na recuperação da Escola de S. José para instalar a Junta de Freguesia de Fazendas de Almeirim, que funciona em más condições. Para fazer as obras o município vai recorrer a um empréstimo de 400 mil euros. A escola foi a primeira construída na freguesia, inaugurada em 1932 quando vigorava no país um regime autoritário liderado por militares.

A Câmara de Almeirim decidiu contrair um empréstimo bancário de 400 mil euros para instalar a Junta de Freguesia de Fazendas de Almeirim na antiga escola do Primeiro Ciclo de S. José, que está desactivada há anos após a construção do centro escolar. O edifício, construído há 90 anos na rua entre a igreja da freguesia e o estádio de futebol, tem sido utilizado até agora por colectividades da vila. A junta funciona num espaço exíguo de uma vivenda que se destinava a habitação e que não tem condições de trabalho nem de atendimento aos munícipes.
Segundo a proposta da presidência da câmara, aprovada na reunião do executivo, prevê-se gastar na recuperação e reconversão do edifício escolar 582 mil euros. O empréstimo bancário, que será contratado à instituição bancária que fizer as melhores condições, mediante a consulta a pelo menos três bancos, é para pagar no prazo de 15 anos, segundo a mesma proposta. A gestão financeira do município refere que a 31 de Janeiro deste ano o orçamento municipal tem previsto despesas de investimento no montante global de 12,5 milhões de euros e que desta forma é possível ir buscar dinheiro à banca, desde que a assembleia municipal o autorize.
O presidente da câmara, Pedro Ribeiro, sublinha a necessidade de se instalar a junta de freguesia com melhores condições, sendo que a escola além de estar numa zona central, de fácil acesso e com estacionamento, tem bastante espaço para a actividade da junta. O edifício é constituído por dois pisos e tem um pátio que pode servir para colocar viaturas da junta de freguesia. Em relação à situação das colectividades que ocupam a antiga escola, o autarca diz que se está a estudar a possibilidade de estas virem a ocupar o imóvel onde ainda está a junta, depois da sua mudança.
A Escola de S. José foi a primeira construída em Fazendas de Almeirim, em 1930. Foi inaugurada a 14 de Fevereiro de 1932. Um ano antes do Estado Novo, o regime ditatorial liderado por Oliveira Salazar. Na inauguração vigorava o regime autoritário designado Ditadura Nacional e o país era dirigido em regime de excepção por militares. Na altura referia-se ao investimento como a “Casa Escolar da Charneca de Almeirim”, destinando-se a alunos de ambos os sexos. Os terrenos da escola foram cedidos por José Simões Apolinário, elogiado na cerimónia por ser “útil à sua terra e à sua Pátria”.
Na inauguração, o presidente da junta, Manuel José Andrade, referia no seu discurso: “este laborioso povo, privado de uma das maiores riquezas, se não a maior de todas as épocas – a instrução e educação dos seus filhos, deve, neste dia memorável, encher-se da maior satisfação por ver realizadas as aspirações porque ansiava”. O administrador do concelho, José Júlio Andrade, disse orgulhar-se de ver o seu concelho “em denodado combate com o verdadeiro cancro nacional que é o analfabetismo”.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo