Sociedade | 19-03-2023 15:00

Diocese de Santarém identificou espaços para acolher 65 mil peregrinos da Jornada Mundial da Juventude

Comité Organizador Diocesano de Santarém da Jornada Mundial da Juventude afirma que conta, actualmente, com cerca de 350 famílias inscritas para acolher peregrinos e identificou perto de 600 espaços colectivos.

A Diocese de Santarém tem, até ao momento, identificados espaços colectivos e famílias de acolhimento que permitirão receber cerca de 65 mil peregrinos da Jornada Mundial da Juventude decorrendo ainda o processo de autorização de uso junto de várias entidades.
Em resposta à Lusa, o Comité Organizador Diocesano (COD) de Santarém da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) afirma que conta, actualmente, com cerca de 350 famílias inscritas para acolher peregrinos e identificou perto de 600 espaços colectivos encontrando-se num processo de obtenção de autorização para a sua utilização.
“Em Fevereiro iniciámos o processo de formalização de cedência dos espaços com as entidades. Ainda não conseguimos garantir que teremos autorização para utilizar todos os espaços que foram identificados, mas estamos a trabalhar junto das entidades, com o apoio das equipas paroquiais e vicariais e dos padres”, refere.
Considerando o número de famílias já inscritas “bastante significativo”, uma vez que o processo se iniciou no final de 2022, o COD de Santarém confessa que são precisas mais. Por isso, além das famílias católicas está a ser feito um trabalho junto de “outras confissões religiosas e com pessoas que não praticam nenhuma religião”. Quanto aos espaços colectivos “foi feito um longo trabalho de identificação e mapeamento” pelas equipas paroquiais, que conhecem melhor o território, com o apoio das equipas vicariais e da equipa diocesana.
Santarém, juntamente com Lisboa e Setúbal, são os distritos referenciados para acolher os milhares de peregrinos esperados na JMJ. Foram definidos objectivos para cada diocese, que “servem para orientar os trabalhos das paróquias” e dar “uma noção do que podem vir a ser as necessidades”, mas por serem apenas indicativos o COD opta por não divulgá-los.
A Diocese de Santarém conta actualmente com perto de mil voluntários inscritos nas várias paróquias, os quais serão “fundamentais” para “tratar dos espaços de acolhimento, ajudar na distribuição de pequenos-almoços ou tratar da recepção e acompanhamento dos peregrinos nas catequeses que ocorrem durante a semana da JMJ”.
Salientando que o processo de angariação de voluntários “não está fechado” o COD afirma que as equipas paroquiais “continuam a ir a escolas, a fazer sessões de esclarecimento, arruadas, jantares com a população, entre outras iniciativas”. Além dos voluntários a Diocese conta com mais de 500 jovens nas equipas paroquiais criadas em 2019, os quais, na semana da JMJ, “serão importantes para a execução e coordenação de tarefas”.
Em curso está ainda o trabalho de identificação dos espaços onde se realizarão as catequeses que serão dadas por bispos em cada uma das três dioceses de acolhimento, bem como de preparação do Festival da Juventude All Around, alinhado com o Festival da Juventude que acontecerá em Lisboa, da responsabilidade da organização nacional. “Neste festival podem inscrever-se para participar artistas das mais variadas áreas. As equipas paroquiais foram ainda convidadas a pensar em actividades de boas-vindas ou de despedida para os grupos que venham para as suas paróquias (exemplo: almoço, ‘sunset’, concerto, arraial, etc.), que possam também dar a conhecer a cultura e as tradições da nossa Diocese”, acrescenta.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo