Sociedade | 09-04-2023 18:00

Corporações de bombeiros do concelho de Ourém estão mais profissionalizadas

Corporações de bombeiros do concelho de Ourém estão mais profissionalizadas
Sérgio Fernandes (à direita) é o novo presidente da direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Caxarias

Existem cerca de três centenas de bombeiros no concelho de Ourém sendo que um terço são profissionais. Nova direcção dos Bombeiros de Caxarias tomou posse e promete manter resposta e proximidade com a população.

Sérgio Fernandes é o novo presidente da direcção da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Caxarias, no concelho de Ourém. É a segunda passagem pela associação do empresário da área da construção civil, que foi durante vários anos presidente de Junta de Casal dos Bernardos. “Senti que era o momento de ajudar a fazer alguma coisa por uma casa que sempre gostei e que faz um trabalho essencial para o bem-estar e segurança da comunidade”, afirmou a O MIRANTE minutos antes da cerimónia de tomada de posse, que se realizou no sábado, 1 de Abril.
Sérgio Fernandes diz que é um defensor do papel do bombeiro na sociedade e que vai trabalhar para que o mesmo seja cada vez mais valorizado. A um mês de completar quatro décadas de serviço, os Bombeiros de Caxarias contam actualmente com um corpo de perto de uma centena de voluntários, número que o dirigente considera suficiente para dar resposta às necessidades da população. No entanto, acrescenta, há sempre espaço para melhorar. “Temos muita gente nova a querer integrar a associação, muito por culpa da nossa escola de bombeiros. Mas está nos nossos planos continuar a trabalhar para fazer crescer o efectivo operacional e dar-lhe melhores condições de trabalho”, sublinhou. Sobre a necessidade de profissionalizar a corporação Sérgio Fernandes diz que não quer dar o passo maior do que a perna. “Estou a chegar e não me sinto à vontade para fazer um levantamento ou dar uma opinião se temos défice de profissionalização na associação. Mas vejo com bons olhos haver mais profissionalização nas corporações de bombeiros”, garante.
A associação realiza várias actividades anualmente e recentemente recebeu três novas viaturas que vêm melhorar as condições de trabalho dos bombeiros. “Enquanto presidente quero fazer com que os Bombeiros de Caxarias se aproximem da população e vice-versa. Vou trabalhar para manter o que existe de bom e melhorar os aspectos que são precisos melhorar”, vinca.
Os órgãos sociais da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Caxarias são compostos por mais de uma dezena de elementos sendo Nelson Mateus o vice-presidente. O presidente da assembleia-geral é Filipe Graça que cessou funções enquanto presidente da direcção da associação.

Associações mais profissionalizadas
No concelho de Ourém existem cerca de três centenas de bombeiros sendo que perto de uma centena são bombeiros profissionais, o que dá uma percentagem superior a 30%. A informação foi dada a O MIRANTE por Luís Albuquerque, presidente da Câmara de Ourém, à margem da cerimónia de tomada de posse. “As nossas três corporações (Fátima, Ourém e Caxarias) já têm muitos profissionais a tempo inteiro. Apoiamos sete Equipas de Intervenção Permanente (EIP) no concelho, perfazendo um total de 35 pessoas que trabalham no socorro da população a tempo inteiro”, revela, relembrando que os municípios são responsáveis por 50% do financiamento das EIP’s.

Luís Albuquerque, presidente da Câmara de Ourém

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo