Sociedade | 11-04-2023

Santarém integra a Rede de Cidades e Vilas que Caminham

1 / 8
Santarém integra a Rede de Cidades e Vilas que Caminham
2 / 8
Santarém integra a Rede de Cidades e Vilas que Caminham
3 / 8
Santarém integra a Rede de Cidades e Vilas que Caminham
4 / 8
Santarém integra a Rede de Cidades e Vilas que Caminham
5 / 8
Santarém integra a Rede de Cidades e Vilas que Caminham
6 / 8
Santarém integra a Rede de Cidades e Vilas que Caminham
7 / 8
Santarém integra a Rede de Cidades e Vilas que Caminham
8 / 8
Santarém integra a Rede de Cidades e Vilas que Caminham

Município de Santarém aderiu a um projecto do Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade que visa tornar a cidade mais amiga dos peões.

A Câmara Municipal de Santarém formalizou a sua integração na Rede de Cidades e Vilas que Caminham com a assinatura de um protocolo com o Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade (ICVM) no dia 5 de Abril, nos paços do concelho, a que se seguiu a atribuição e hastear da bandeira que assinala essa adesão.

O documento foi assinado pelo presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, e pela presidente do ICVM, Paula Teles. Ricardo Gonçalves afirmou que as cidades precisam de se adaptar às novas realidades e estarem mais viradas para a mobilidade das pessoas, através do aumento das zonas para circulação e reforçando a aposta na segurança. O vice-presidente do município, João Teixeira Leite, acrescentou que é preciso dar resposta aos novos desafios da regeneração urbana e recolher os bons exemplos que existem em várias cidades da Europa. “Santarém tem investido bastante, ao longo dos últimos anos, na melhoria das zonas pedonais, com o objetivo de garantir um espaço público requalificado, cuidado e acessível”, disse, recionhecendo no entantoque ainda á ainda muito a fazer nesse campo e a adesão à Rede de Cidades e Vilas que Caminham irá fortalecer o caminho a percorrer.

A Rede Cidades e Vilas que Caminham faz parte de um projecto internacional com a Red Ciudades que Caminan que reúne mais de 80 municípios em Espanha. A Rede está a dar os primeiros passos em Portugal, tendo já cerca de 30 municípios filiados. Entre as iniciativas previstas estão: o trabalho em rede com conhecimento sobre as experiências de sucesso; acções de formação nacional e internacional aos técnicos das autarquias na elaboração de projectos de espaço público, melhorando as suas competências e conhecimentos: a participação em seminários e conferências e a receção de informação sobre modelos e modos de intervenção urbanos.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1615
    07-06-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1615
    07-06-2023
    Capa Médio Tejo