Sociedade | 23-04-2023 12:00

Pais pedem melhorias no pavilhão da Escola D. Martinho na Póvoa de Santa Iria

Equipamento é da responsabilidade da Câmara de Vila Franca de Xira que promete avaliar que situações precisam de reparação. Espaço é usado pela escola e pelo movimento associativo da cidade.

As instalações sanitárias e os balneários do pavilhão da Escola Dom Martinho Vaz de Castelo Branco, na Póvoa de Santa Iria, precisam de pequenas obras de melhoria e vários pais que ali têm os filhos a praticar desporto pedem que os trabalhos avancem com urgência.
Diz quem ali tem os filhos a praticar desporto que estão fundidas sete luminárias do tecto do campo principal do pavilhão, há uma janela partida no balneário masculino e feminino por onde entra frio no Inverno, autoclismos que não funcionam e torneiras fechadas porque perdem água. Ao nosso jornal chegaram também denúncias de que falta limpeza geral nos balneários e suportes para o papel higiénico.
Rui Patrício, um dos pais que se queixa do estado do pavilhão, acrescenta que uma das casas-de-banho para o público está avariada e faltam bancos para o público se sentar. Na generalidade, diz, o pavilhão precisa de obras de melhoria que têm tardado. Outro pai diz a O MIRANTE que há cerca de um mês houve gente a ir às casas-de-banho de um hipermercado nas proximidades por falta de sanitários a funcionar no pavilhão.
O espaço é da responsabilidade da Câmara de Vila Franca de Xira que explica que, devido à utilização intensa do espaço e no que se refere aos balneários, o município está a avaliar quais as intervenções necessárias para poder proceder às reparações. É um pavilhão que funciona de segunda-feira a domingo, diariamente entre as 08h00 e a meia-noite e ao fim-de-semana pontualmente para realização de jogos oficiais. Também ali decorrem aulas de educação física, actividades do desporto escolar e após o período lectivo acolhe treinos e provas do movimento associativo.
Uma das associações a usar o espaço é o futsal do Centro Popular de Cultura e Desporto (CPCD) da Póvoa de Santa Iria. A O MIRANTE, o presidente do clube, Joaquim Ramos, diz que o CPCD está sempre atento ao estado da manutenção do pavilhão e que sempre que é detectado um problema que precise de reparação as entidades responsáveis são informadas. “O clube já reportou alguns problemas e do que sabemos estão a ser resolvidos”, garante o dirigente.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo