Sociedade | 16-05-2023 18:00

Vila Franca de Xira quer melhoria de serviço da Carris Metropolitana

Vialonga é hoje o centro da maior parte das queixas que têm chegado aos gabinetes da Câmara de Vila Franca de Xira acerca do serviço da empresa de transportes Carris Metropolitana. Executivo quer mais autocarros disponíveis nas horas de ponta. Desde o início da operação da empresa, em Janeiro, já foram feitos mais de duas dezenas de ajustes.

O município de Vila Franca de Xira acredita que é possível a Carris Metropolitana fazer mais e melhor serviço no concelho e por isso já está agendada uma reunião com a empresa, dia 18 de Maio, onde o presidente da câmara, o socialista Fernando Paulo Ferreira, vai exigir aos responsáveis melhores horários e mais viaturas a circular.
A novidade foi avançada em reunião de câmara pelo presidente do município, que respondia às preocupações de David Pato Ferreira, da Nova Geração (PSD/PPM/MPT), sobre o crescente número de queixas de passageiros de Vialonga que não estão a conseguir ter horários nem carreiras em quantidade suficiente para a procura.
Fernando Paulo Ferreira garante que a câmara tem uma equipa dedicada exclusivamente a acompanhar diariamente a resposta que a empresa metropolitana dá no concelho e que isso tem ajudado a resolver um conjunto de situações complicadas que geraram bastantes queixas, em particular no início da operação, em Janeiro e Fevereiro. “Uma das zonas que precisa de acção é Vialonga. Embora a Carris Metropolitana tenha feito acertos e aumentado o número de autocarros os horários continuam a não ser adequados às necessidades das pessoas”, criticou o autarca.
Entre as queixas está sobretudo a falta de maior número de autocarros a circular, considerados insuficientes para as necessidades. “Como o autocarro enche no Cabo de Vialonga quando chega à Flamenga já vai cheio e não entra mais ninguém. É preciso mais viaturas a fazer esse caminho”, considera o autarca.

Operação encontra-se num processo de estabilização
Desde o início do ano que a Câmara de Vila Franca de Xira já solicitou mais de duas dezenas de ajustes nos horários e linhas do serviço da Carris Metropolitana no concelho. Os transportes escolares passaram a ser da responsabilidade da empresa. “A operação encontra-se num processo de estabilização e a câmara tem feito todos os esforços junto da empresa para que as necessidades identificadas sejam resolvidas o mais rapidamente possível, sendo certo, no entanto, que ainda persistem algumas por falta de recursos, nomeadamente motoristas, situação que se espera esteja resolvida em breve”, explicava o presidente da câmara, em Fevereiro, a O MIRANTE no âmbito de queixas de pais e alunos do bairro de Povos, Vila Franca de Xira, que estavam a sentir problemas nos horários implementados pela Carris Metropolitana. Em alguns casos, como o nosso jornal também deu conta, alguns motoristas chegaram a perder-se dentro do concelho para desagrado dos passageiros.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo