Sociedade | 17-05-2023 10:00

Casal surpreendido com assalto a casa de férias no Porto Alto

Casal surpreendido com assalto a casa de férias no Porto Alto
Fátima e José Ferreira não queriam acreditar que tinham sido assaltados

A casa de fim-de-semana de Fátima e José Ferreira, no Porto Alto, foi assaltada durante a sua ausência. Os larápios levaram três mealheiros com dinheiro, um computador portátil e uma máquina de pressão.

Fátima Ferreira não queria acreditar que tinha sido assaltada quando no dia 21 de Abril abriu a porta da casa de fim-de-semana localizada na Estrada Real, no Porto Alto. Como é habitual todas as sextas-feiras, Fátima Ferreira entrou pelo portão da residência mas reparou que uma das três janelas estava semiaberta. Inicialmente pensou ter-se esquecido de fechar a janela mas quando abriu a porta de casa viu que os dois mealheiros com dinheiro, destinado aos netos, estavam em cima do lava-loiça.
Mais certezas teve ainda de ter sido roubada quando viu que o terceiro mealheiro estava vazio e caído no chão ao pé do sofá. Quando olhou para a mesa da cozinha deu por falta do computador portátil, que tinha sido levado. Aflita, ligou para a filha a dizer que tinha sido assaltada. “A minha filha disse para me acalmar e ver se tinham roubado mais alguma coisa. Quando fui aos arrumos vi que tinham levado a máquina de pressão, comprada há pouco tempo no supermercado. Deixaram as moto-serras, corta-sebes, muitas ferramentas e uns faróis de um carro da marca BMW”, relata.
Fátima Ferreira falou com o marido, José Ferreira, a relatar o sucedido. O casal reparou posteriormente que o fecho da janela estava rebentado e que os assaltantes entraram pela rede ao redor da casa, onde fizeram um buraco. A GNR de Samora Correia esteve na residência e tomou conta da ocorrência. Um dos vizinhos disse que na madrugada de dia 21 os cães ladraram muito.
José Ferreira faz as contas ao assalto e estima ter sido prejudicado em mais de mil euros. O computador portátil era recente e ainda estava a ser pago. O casal mora em Santa Iria da Azóia, concelho de Loures, e só vai para o Porto Alto de sexta-feira a domingo. As únicas visitas que têm são de familiares. O casal herdou a habitação em 2020 e nunca fez obras. Nunca tinham sido assaltados e desconfiam que o roubo foi feito por quem sabia que a casa estava vazia.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo