Sociedade | 15-06-2023 16:22

População de Assentis exige acesso a cuidados de saúde de proximidade

População de Assentis exige acesso a cuidados de saúde de proximidade

Perto de uma centena foi à assembleia de freguesia mostrar descontentamento e exigir uma solução. Utentes, maioritariamente idosos, não se conformam por terem que se deslocar à cidade de Torres Novas para conseguirem uma consulta depois de terem perdido a única médica que estava afecta à extensão de saúde de Assentis.

A população de Assentis foi em força à última sessão da assembleia de freguesia manifestar o seu descontentamento com a falta de acesso a cuidados de saúde primários na extensão de saúde desta freguesia do concelho de Torres Novas que está sem médico de família. Foram perto de uma centena os utentes que fizeram questão de marcar presença e pedir àquele órgão deliberativo que pressione as entidades competentes para que seja colocado um profissional de saúde ao serviço daquela aldeia onde a população é maioritariamente envelhecida.

Entre as várias intervenções houve quem defendesse que se há médicos em Torres Novas a fazer atendimento aos utentes desta aldeia, também podem esses profissionais deslocar-se a Assentis e lá realizar as consultas, como acontece noutras freguesias do concelho, para que o serviço seja de proximidade junto de uma população que é na sua maioria idosa.

*Notícia desenvolvida na próxima edição semanal de O MIRANTE

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo