Sociedade | 20-06-2023 18:00

Constituídos arguidos por cultivo de canábis em Abrantes

Suspeitos tinham na sua residência uma arma, munições, sementes e seis plantas de canábis, que foram apreendidas pela GNR, no âmbito de um mandado de busca.

Dois homens de 19 e 46 anos foram constituídos arguidos, na terça-feira, 6 de Junho, por cultivo de estupefacientes no concelho de Abrantes, informou a Guarda Nacional Republicana (GNR), acrescentando que foram apreendidas seis plantas de canábis na residência dos suspeitos.
No âmbito de um processo por tráfico de estupefacientes, os militares da Guarda realizaram diligências que culminaram com o cumprimento de um mandado de busca em residência, tendo sido verificada a existência de produto estupefaciente e material relacionado com o tráfico de estupefacientes. No decorrer da acção foram apreendidas, além das seis plantas de canábis, nove munições, uma dose de haxixe, uma caçadeira, uma faca, um telemóvel e várias sementes e sobrantes de plantas de canábis em processo de secagem.
Os suspeitos foram constituídos arguidos e o processo foi remetido para o Ministério Público. A operação, levada a cabo pelo Núcleo de Investigação Criminal de Abrantes, do Comando Territorial de Santarém, contou com o reforço de militares do Posto Territorial de Abrantes.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo