Sociedade | 23-06-2023 10:00

Crimes de peculato na Junta de Mouriscas 

Crimes de peculato na Junta de Mouriscas 
Residência do presidente da Junta de Mouriscas, Pedro Matos, foi alvo de buscas pela PJ

Pedro Matos está suspenso de funções de presidente de junta. Há suspeitas de que tenha utilizado dinheiro da autarquia para pagar despesas pessoais.

O presidente da Junta de Mouriscas, o socialista Pedro Matos, está desde 15 de Junho suspenso de funções, proibido de entrar em instalações da junta, de contactar eleitos e funcionários e de ter acesso ou movimentar contas bancárias daquela autarquia do concelho de Abrantes. As medidas de coacção foram decretadas pela juíza de instrução criminal (JIC) do Tribunal Judicial de Santarém, depois de o autarca ter sido ouvido em primeiro interrogatório judicial na sequência da detenção pela Polícia Judiciária (PJ) por suspeitas da prática de crime de peculato e de peculato de uso.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo