Sociedade | 02-07-2023 21:00

Voto de pesar em Ourém pela morte do padre Joaquim Ventura

Voto de pesar em Ourém pela morte do padre Joaquim Ventura
Padre Joaquim Ventura era muito estimado na comunidade de Fátima e faleceu a 7 de Junho aos 94 anos. Foto CM Ourém

O presidente da Câmara de Ourém, Luís Albuquerque, apresentou na sessão camarária um voto de pesar pelo falecimento do padre Joaquim Ventura

O presidente da Câmara de Ourém, Luís Albuquerque, apresentou na sessão camarária um voto de pesar pelo falecimento do padre Joaquim Ventura, figura indissociável da história do Colégio de São Miguel e da Fundação Arca da Aliança, instituições de grande relevo na realidade de Fátima e de todo o concelho. O pároco faleceu a 7 de Junho, aos 94 anos, depois de uma vida dedicada à comunidade. “Existir para Servir” foi um desígnio que honrou a sua linha de actuação ao longo de várias décadas de serviço público.
Natural de Juncal, no concelho de Leiria, o Padre Ventura frequentou o Seminário e foi ordenado sacerdote em Julho de 1952. Entre outros cargos de relevo, serviu o Santuário de Fátima, foi pároco na freguesia de Atouguia e professor de Religião e Moral no Colégio Fernão Lopes, na então denominada Vila Nova de Ourém. “A sua vida ficará para sempre ligada ao ensino e à história do Colégio de São Miguel, que dirigiu ao longo de largos anos. A sua obra está igualmente plasmada na criação e consolidação da Fundação Arca da Aliança, uma obra social verdadeiramente inovadora e inédita em Portugal, pela qual deu a cara até aos últimos dias da sua vida”, referiu Luís Albuquerque, acrescentando que Joaquim Ventura ficou popularmente reconhecido como o “Homem do Leme”.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo