Sociedade | 13-07-2023 18:00

Novo presidente do IEFP desiste de processo em tribunal contra O MIRANTE

Novo presidente do IEFP desiste de processo em tribunal contra O MIRANTE
António Valadas da Silva reformou-se e saiu da presidência do IEFP. Novo presidente da instituição, Domingos Jorge Lopes, desistiu de uma acusação particular que Valadas da Silva fez em desespero de causa. fotoDR

Actual presidente do IEFP, Jorge Domingos Lopes, desistiu da acusação particular contra O MIRANTE no caso relacionado com o seu antecessor, António Valadas da Silva, que se sentiu ofendido com as notícias da dívida que o instituto foi obrigado a pagar ao jornal. Recorde-se que o IEFP esteve oito anos sem pagar duas facturas à empresa editora de O MIRANTE que o Tribunal de Santarém entretanto obrigou a pagar com juros.

O instituto foi condenado a pagar em tribunal. António Valadas da Silva, que entretanto se reformou, queixou-se de difamação, mas nem a entidade reguladora nem o Ministério Público lhe deram razão. Mesmo assim a instituição avançou com uma acusação particular, que agora o novo presidente decidiu travar desistindo do processo para se livrar da vergonha de perder mais uma acção.

O actual presidente do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) desistiu da acusação particular contra O MIRANTE e os seus directores no caso relacionado com o seu antecessor, António Valadas da Silva, que se sentiu ofendido com as notícias da dívida que o instituto foi obrigado a pagar ao jornal. Domingos Jorge Lopes percebeu que ia fazer má figura em tribunal porque o Ministério Público já tinha arquivado a queixa iniciada por Valadas da Silva e decidiu não acompanhar a acusação particular, por verificar não haver indícios de difamação do ex-presidente e da instituição.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo