Sociedade | 14-07-2023 07:00

Oposição no Entroncamento chumba apoio à Volta a Portugal em bicicleta

Evento terá um percurso que abrange os 13 concelhos do Médio Tejo e irá custar 160 mil euros à região. Câmara do Entroncamento foi solicitada para dar apoio de cinco mil euros mas a oposição não deixou.

A oposição na Câmara do Entroncamento chumbou um apoio de cinco mil euros mais IVA que a maioria relativa socialista pretendia atribuir pela passagem da Volta a Portugal em Bicicleta no concelho. O vereador do PSD, Rui Madeira, explicou que aceitariam atribuir um apoio financeiro caso a etapa começasse ou acabasse no Entroncamento. “Se assim fosse as equipas poderiam ficar alojadas em unidades hoteleiras do concelho e a restauração seria muito beneficiada. Desta forma, não vamos ter um benefício significativo para o concelho, em termos de visibilidade turística e económica”, referiu o vereador social-democrata, acrescentando que este é um evento muito popular do calendário desportivo nacional e internacional.
O vereador eleito pelo Chega, Luís Forinho, discordou do valor a atribuir considerando que os apoios para colectividades locais, “que necessitam muito mais do nosso apoio financeiro, são muitos mais baixos”. O presidente do município, o socialista Jorge Faria, explicou que se o Entroncamento fosse um ponto de partida da prova teriam que pagar 50 mil euros mais IVA e se fosse local de meta seriam 30 mil euros mais IVA.
Sendo assim, a prova vai passar pelo Entroncamento mas sem apoio financeiro do município. A 84ª Volta a Portugal em Bicicleta tem passagem confirmada nos concelhos de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Ourém, Mação Sardoal, Sertã, Tomar, Torres Novas, Vila de Rei e Vila Nova da Barquinha, entre os dias 10 e 14 de Agosto. Ourém recebe a final da 1ª etapa, a 10 de Agosto, com passagem em Ferreira do Zêzere e Tomar. Abrantes será palco da partida da 2ª etapa, a 11 de Agosto, com passagem por Constância, Vila Nova da Barquinha, Entroncamento, Torres Novas e Alcanena.
Mação recebe a partida da 5ª etapa, em direcção à Torre, na Serra da Estrela, com passagem por Sardoal, Vila de Rei e Sertã, no dia 14 de Agosto. A Volta a Portugal deste ano terá um percurso que abrange os 13 concelhos do Médio Tejo e irá custar 160 mil euros à região, segundo a proposta de modelo de participação e contratualização no território do Médio Tejo aprovado pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1664
    15-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1664
    15-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo