Sociedade | 30-07-2023 18:00

Uma nova ambição para o Ribatejo e Alentejo com José Manuel Santos ao leme

Uma nova ambição para o Ribatejo e Alentejo com José Manuel Santos ao leme
Parte da equipa da direcção de José Manuel Santos; Álvaro Beijinha, Pedro Beato, Conceição Grilo e Pedro Ribeiro

José Manuel Santos tomou posse como presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo no Hotel L’And Vineyards, em Montemor-o-Novo. O ex-secretário-geral do organismo promete trabalhar para desenvolver as regiões numa lógica de longevidade e sustentabilidade, garantido a sua identidade e potenciais diferenciadores.

“Acredito que o turismo só poderá ser desenvolvido no Ribatejo e Alentejo com desenvolvimento sustentável e uma actividade específica, genuína, identitária e diferenciada”. Foi com esta frase que o ex-secretário-geral da Entidade Regional de Turismo (ERT) do Alentejo e Ribatejo, José Manuel Santos, tomou posse como presidente do organismo, após liderar a única lista que se apresentou a eleições, no dia 12 de Julho. A cerimónia protocolar decorreu na quarta-feira, 19 de Julho, no Hotel L’And Vineyards, em Montemor-o-Novo, e contou com a presença de vários empresários do sector, dirigentes de organismos públicos e do secretário de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Nuno Fazenda.
A lista liderada por José Manuel Santos conquistou 101 votos em 116 votantes, número que demonstra bem a consensualidade da votação. Agradecendo o voto de confiança, José Manuel Santos considerou que os dois destinos turísticos (Ribatejo e Alentejo) só podem afirmar-se numa lógica de longevidade e sustentabilidade. O dirigente frisou que “seremos intransigentes na protecção dos investimentos turísticos e dos interesses dos promotores, mas em contrapartida exigiremos a responsabilidade e compromisso dos mesmos com a sustentabilidade social e ambiental dos seus projectos”. Algumas das medidas da nova direcção da entidade é apostar, segundo o novo presidente, na promoção do turismo cultural, de lazer, “road trips”, turismo de luxo, náutico, de natureza, cinegético, entre outros. O objectivo é “aumentar a estadia média e diminuir a sazonalidade das regiões, que actualmente é superior à média nacional.
José Manuel Santos anunciou um conjunto de medidas para a região ribatejana. “Queremos trabalhar melhor o tema dos vinhos, aproveitando o excelente trabalho que tem sido feito e a melhoria da qualidade dos vinhos nos últimos anos; queremos reabilitar e reafirmar a ‘One Route 118’ (Estrada Nacional 118), aproveitando a tendência dos mercados no consumo de road trips; vamos operacionalizar com a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT) o plano estratégico de turismo sustentável, que entendemos ser um excelente passo para o trabalho de superação da oferta; queremos posicionar e perceber como vamos trabalhar a marca Ribatejo e como vamos comunicar o que de melhor tem para oferecer”, referiu, acrescentando que a equipa que agora lidera vai também trabalhar para apoiar a capacitação e desenvolvimento das empresas, nomeadamente as micro e PME’s, no que diz respeito ao reforço e na aceleração da digitalização e sustentabilidade.
O secretário de Estado Nuno Fazenda felicitou a votação consensual que José Santos teve, destacando que a sua competência e conhecimento do território foram factores determinantes para a expressividade do resultado. “É o reconhecimento do trabalho que fez em diferentes presidências e que, agora com funções de maior liderança, tem a oportunidade para colocar ao serviço da região com uma equipa robustecida e diversificada”, concluiu.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo