Sociedade | 15-08-2023 15:00

Estacionamento subterrâneo no Cartaxo transformou-se em garagem privada

Estacionamento subterrâneo no Cartaxo transformou-se em garagem privada
Parque de estacionamento subterrâneo no Cartaxo é um depósito de carros que estão ali há anos a ocupar espaços que são necessários

O estacionamento no parque subterrâneo do Cartaxo devia ser rotativo e transitório, mas há quem se aproveite da desregulamentação no espaço para ali guardar o carro todo o ano.

O parque de estacionamento subterrâneo no Cartaxo é um depósito de carros que estão ali há anos a utilizar lugares que poderiam ser usados por pessoas que precisam de estacionamento por curtos períodos. As críticas foram feitas por todo o executivo municipal durante a última sessão camarária. O vice-presidente da Câmara do Cartaxo, Pedro Reis (PSD), que substituiu o presidente João Heitor, que se encontra de férias, contou que, muitas vezes, pelas 09h30, já o parque está completo. “No outro dia um senhor veio ter comigo, porque ouviu falar que iríamos taxar o parque subterrâneo, e lamentou-se porque não sabia onde ia estacionar o carro que está ali há vários anos. Temos que combater esta situação”, reforçou Pedro Reis após uma questão levantada pelo vereador da oposição, Fernando Amorim (PS).
O problema é que, apesar de existir regulamento para o parque de estacionamento subterrâneo, que se situa debaixo da praça junto ao edifício dos paços do concelho, não existe licenciamento do espaço porque são necessárias obras. “Essas obras custam várias dezenas de milhares de euros e a câmara não tem esse dinheiro para avançar com a requalificação do espaço”, lamentou Pedro Reis. Segundo o vice-presidente, o parque tem muitos problemas desde as portas de abertura à falta de elevadores. Só depois de fazerem as obras necessárias é que podem avançar com o licenciamento.
Recorde-se que o parque de estacionamento subterrâneo foi construído durante a presidência do socialista Paulo Caldas na mesma altura em que se construiu a praça que envolve os paços do concelho e levou à alteração da circulação na Estrada Nacional 3, que atravessa a cidade do Cartaxo. Pedro Reis considera que o estacionamento subterrâneo não pode servir como parque privativo de algumas pessoas. O vice-presidente referiu que até se encontrar uma solução viável o executivo municipal vai optar por implementar a medida de estacionamento abusivo. A autarquia está à espera do parecer jurídico para avançar com essa medida.
O vereador Fernando Amorim concorda com a regulação do espaço e também do estacionamento em todo o concelho. Pedro Reis adiantou que recentemente foram retiradas da via pública mais de 60 viaturas consideradas abandonadas.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo