Sociedade | 03-09-2023 18:00

Prejuízo das Festas de Marinhais foram assunto na última reunião de câmara de Salvaterra

Prejuízo das Festas de Marinhais foram assunto na última reunião de câmara de Salvaterra
Festas de Marinhais, concelho de Salvaterra de Magos, este ano deram prejuízo de 20 mil euros. Assunto foi debatido na reunião camarária

Os 20 mil euros de prejuízo da edição deste ano das Festas de Marinhais geraram debate na última reunião de executivo de Salvaterra de Magos. Alguns vereadores mostraram-se solidários com a comissão organizadora. Presidente reafirma que, caso seja necessário, o município está disposto a ajudar.

O saldo negativo das Festas de Marinhais 2023 foi tema na última reunião de câmara de Salvaterra de Magos, que se realizou a 22 de Agosto. O vereador Luís Gomes (BE) colocou o tema em cima da mesa elogiando o trabalho da jovem comissão, mas mostrou preocupação quanto ao futuro da festa. Paulo Cação (PS) atribuiu a culpa dos prejuízos, que atingiram os 20 mil euros, ao “azar”, nomeadamente pelo baixo consumo e por causa da fraca adesão no Marinhais Music Fest, que se realizou em Maio deste ano. “No passado também houve um interregno de cinco anos nas festas por uma situação semelhante”, recordou Luís Gomes. Paulo Cação referiu que as festas foram “muito boas, de grande dimensão e com muita afluência”, mas que a comissão teve azar no festival que organizou em Maio, o Marinhais Music Fest, devido à chuva. O autarca disse ainda que o prejuízo se deveu também à fraca receita dos últimos dois dias da festa.
O presidente da câmara, Hélder Esménio (PS), concluiu a discussão do assunto afirmando que não compete ao executivo avaliar a gestão das comissões de festas, mas sim realçar o esforço realizado. Com o tempo, acrescentou, tem “a expectativa que o caso se resolva por si mesmo”. No entanto, não deixou de referir que, caso seja necessário, o município está disposto a ajudar a comissão.
Recorde-se que a Comissão de Festas de Marinhais de 2023 informou que o resultado deste ano foi negativo em cerca de 20 mil euros. Os jovens que organizaram a festa atribuem as culpas ao baixo consumo dos dias em que actuaram Dillaz e Fernando Daniel. As Festas de Marinhais decorreram de 2 a 7 de Agosto e a comissão de festas realizou um peditório no fim-de-semana de 19 e 20 de Agosto com a intenção de entregar o testemunho à próxima comissão com o saldo a zero, pelo menos. Recorde-se que a comissão de Marinhais partiu do zero uma vez que o dinheiro angariado pela anterior comissão foi doado aos bombeiros do concelho. Os diversos eventos e a adesão aos peditórios permitiram colocar cimento no chão e renovar o bar do recinto de festas. A comissão de 2023 decidiu fazer obras antes das festas começarem para poderem usufruir durante o evento.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1631
    27-09-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1631
    27-09-2023
    Capa Médio Tejo