Sociedade | 08-09-2023 11:26

Detido por violência doméstica em Samora Correia fica com pulseira electrónica

Suspeito de 63 anos ficou proibido de se aproximar da vítima, a sua esposa de 64 anos, e de adquirir armas de fogo.

Um homem, de 63 anos, foi detido pela Guarda Nacional Republicana (GNR), na segunda-feira, 4 de Setembro, em Samora Correia, por violência doméstica contra a companheira de 64 anos, da qual está agora proibido de se aproximar, estando a ser controlado por pulseira electrónica por determinação do Tribunal de Santarém.

Em comunicado, o Comando Territorial de Santarém da GNR revelou que no âmbito de uma investigação por violência doméstica, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Especificas (NIAVE), foi possível apurar que o suspeito “exercia violência física sobre a sua esposa”.

No decorrer da investigação foi dado cumprimento a um mandado de detenção e um mandado de busca domiciliária, tendo sido apreendida uma caçadeira. O suspeito foi presente ao Tribunal Judicial de Santarém e além de estar proibido de contactar com a vítima está proibido de adquirir armas de fogo.

A GNR sublinha ainda na mesma nota que “a violência doméstica é crime público e denunciar é uma responsabilidade colectiva”. Quem precisar de ajuda ou tiver conhecimento de alguma situação de violência doméstica pode participar, por exemplo, através do 112 e posto da GNR da área de residência.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1664
    15-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1664
    15-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo