Sociedade | 15-09-2023 12:00

Samora Correia aposta no futebol feminino

Samora Correia aposta no futebol feminino
Paulo Abreu diz que GDSC oferece melhores condições aos atletas

Paulo Abreu traça um balanço positivo dos primeiros meses como presidente do Grupo Desportivo de Samora Correia destacando a aposta na formação e no futebol feminino.

O clube mantém a estabilidade financeira e está mais perto de ter usufruto legal do Campo da Murteira. A aposta na formação de jogadores e investimento no futebol feminino são algumas das metas da direcção que ambiciona a conquista do título de campeão para as equipas de iniciados e juniores.

Dar continuidade ao projecto iniciado em 2017 e manter a estabilidade financeira do clube são alguns dos objectivos da direcção do Grupo Desportivo de Samora Correia (GDSC). Paulo Abreu, bancário, 38 anos, está ao comando do clube há quase seis meses após ter desempenhado o cargo de vice-presidente desde 2017. Conhece bem a casa uma vez que jogou futebol durante duas décadas ao serviço do clube.
Em entrevista a O MIRANTE admite que não fazia ideia do que era estar a desempenhar funções como director mas o balanço é positivo. “Consegui implementar o que queria fazer como a festa de final de época da Academia Mário Camora e arrancar com a obra no edifício do antigo bar dos seniores, que será uma sala multiusos para servir refeições aos atletas ou para fazer reuniões. Também melhoramos os sistemas de rega com canhões automáticos”, conta.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo