Sociedade | 16-09-2023 21:00

Ourém com mais matrículas este ano já tem mais de sete mil alunos

Ourém com mais matrículas este ano já tem mais de sete mil alunos
Micaela Durão, vereadora da Educação no executivo de Ourém, com os oradores Pedro Cunha, Adelaide Franco e Luís Tavares, durante a cerimónia de abertura do ano lectivo

Sessão dedicada aos docentes debateu os desafios e caminhos na Educação para o novo ano lectivo em Ourém. Inclusão, mudança, estimulação de pensamento crítico e criativo e bem-estar são os desafios para a aprendizagem, segundo especialistas. Cerimónia incluiu também a homenagem aos docentes aposentados no ano lectivo anterior.

A cerimónia de abertura oficial do ano lectivo 2023/24 em Ourém, dirigida aos docentes, decorreu a 6 de Setembro com três conferências sobre os “Desafios e Caminhos na Educação” que se realizaram no teatro municipal. A sessão teve como objectivo incentivar e agradecer a entrega e profissionalismo dos docentes do concelho. A iniciativa começou com as intervenções de Pedro Florêncio, delegado regional de educação de Lisboa e Vale do Tejo, Agripina Vieira, directora do Centro de Formação “Os Templários”, e do presidente da Câmara de Ourém, Luís Albuquerque.
O presidente do município começou por destacar o aumento de população no concelho e, consequentemente, o acréscimo de 460 alunos comparativamente ao ano lectivo anterior. Segundo o autarca, o concelho tem mais de sete mil alunos e, também por isso, o município investiu mais de três milhões de euros no sector da educação nomeadamente ao nível de transportes, alimentação, Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC), acção social, entre outros. O investimento em infraestruturas como a construção do novo Centro Escolar de Atouguia e a requalificação do Edifício Escolar EB 2/3 Cónego Dr. Manuel Lopes Perdigão, em Caxarias, também são exemplo da aposta da autarquia em melhorar as condições de trabalho da comunidade escolar do concelho.
A primeira conferência, “Dinâmicas educativas: equidade e inclusão”, debateu sobre o facto da inclusão ser um dos caminhos para a aprendizagem. Um professor tem de ser um intelectual, investigador, responsivo, participativo, activo, auto-consciente, atender a todos os alunos e valorizar a diversidade, afirmou Pedro Cunha, da Direcção-Geral da Educação (DGE) . Hoje em dia 40% dos alunos estão desvinculados do processo de aprendizagem sendo crucial encontrar metodologias activas para o estudante não estar “quieto, calado e sentado” na sala de aula. Não basta o professor ser profundamente conhecedor de uma área, é necessário ensinar de forma a suscitar o interesse de aprender, acrescentou.
Adelaide Franco, fundadora da Mindset Plus, dirigiu a segunda conferência “Um novo olhar para o novo ano escolar” e propôs reflectir sobre três temas: “Cuidar é preciso”; “Uma escola com os olhos no futuro”; e “A mudança na gestão educativa”. Destacou a importância do bem-estar na comunidade educativa devido ao impacto na aprendizagem dos alunos e na qualidade de ensino dos professores. Adelaide Franco abordou o tema da educação 4.0 e sublinha que 65% das profissões que serão desempenhadas pelos alunos que entraram na escolaridade obrigatória em 2016 ainda não existem sendo que a tecnologia vai estar presente em 85% das novas profissões.
A última conferência abordou os “Desafios para a prática” relativos à psicologia e saúde mental, por Luís Tavares, da Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP). Os desafios para o novo ano lectivo são o envolvimento pessoal, cognitivo e comportamental dos alunos na escola; a educação inclusiva; a prevenção e promoção da saúde mental em contexto escolar e o desenvolvimento da carreira. Luís Tavares referiu ainda diversos problemas que influenciam a aprendizagem nomeadamente bullying, problemas parentais, dependências, transtornos depressivos, fobia social, entre outros.
A cerimónia incluiu também a homenagem aos docentes aposentados no ano lectivo anterior e terminou com a actuação dos alunos da Arabesque – Academia de Dança. No dia 5 de Setembro realizou-se a abertura do ano lectivo para os funcionários dos estabelecimentos de ensino do concelho de Ourém com actividades desportivas no Parque Natureza do Agroal.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo