Sociedade | 11-10-2023 12:00

Estrada intransitável quase há dois anos no Casal do Freixo

Estrada intransitável quase há dois anos no Casal do Freixo

Construção de uma vivenda na Rua da Encosta provocou o abate da estrada há cerca de dois anos e os carros de bombeiros não passam naquela via. Câmara de Vila Franca de Xira diz que a responsabilidade é do construtor, mas nada se resolve.

Continua sem estar resolvido o abatimento da estrada na Rua da Encosta, no Casal do Freixo, em Vialonga. Os moradores denunciaram a situação a O MIRANTE temendo pela sua segurança, uma vez que ali nem sequer uma ambulância ou carro de bombeiros consegue passar. A situação aconteceu quase há dois anos quando as terras abateram por causa da construção de uma vivenda. A obra ficou embargada, mas o estrago continua por resolver.
Na última Assembleia de Freguesia de Vialonga a eleita pelo CDS-PP, Célia Duarte lamentou o estado deplorável daquela via e pediu uma intervenção urgente. Segundo o presidente da junta, João Tremoço o caso é grave. “Já estive no local com o comandante dos bombeiros, mas não cabe à junta resolver, mas sim à câmara. Com a chuva espero que a situação não agrave mais”, disse na reunião.
Em Agosto, a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira confirmou ao jornal que a obra da vivenda está embargada por violação e desconformidade das normas legais e regulamentares aplicáveis à construção e edificação. O município colocou sinalização no local e garantiu na altura que os serviços estão a acompanhar o assunto, nomeadamente a Protecção Civil Municipal. Diz a autarquia que cabe ao titular da construção reparar os danos na via. “O requerente e titular da construção está a efectuar diligências no sentido de proceder à reparação do arruamento municipal danificado e à correcção das deficiência e insuficiências dos muros de contenção periférica, tendentes à sua estabilização e consolidação”.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1664
    15-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1664
    15-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo