Sociedade | 03-11-2023 15:00

Novo centro para acabar com listas de espera em Ortopedia no Médio Tejo

Novo centro para acabar com listas de espera em Ortopedia no Médio Tejo
Amílcar Valverde e Casimiro Ramos assinaram a contratualização do novo centro de ortopedia para acabar com listas de espera no CHMT. Foto CHMT

Em 2021 a resposta cirúrgica desta especialidade no Médio Tejo ascendia a mais de 468 dias e em apenas dois anos, ainda com as restrições da pandemia, a equipa do Serviço de Ortopedia do CHMT conseguiu recuperar a actividade e assistência aos utentes.

Mais cirurgias, mais primeiras consultas, mais consultas subsequentes e, para além de um maior acesso pelos utentes a cuidados da especialidade de Ortopedia, o primeiro Centro de Responsabilidade Integrado (CRI) do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) inclui mais inovação e desenvolvimento para atrair e fixar mais profissionais de saúde na região.
A escolha do Serviço de Ortopedia para o primeiro CRI do CHMT, que foi contratualizado para o quadriénio 2023-2026, não é casual: a equipa multidisciplinar liderada por Amílcar Valverde, director de Serviço de Ortopedia e do CRI Orto, traçou como objectivo acabar com a lista de espera cirúrgica desta especialidade acima dos tempos médios de resposta garantida do Serviço Nacional de Saúde até ao final deste ano. Em 2021 a resposta cirúrgica desta especialidade no Médio Tejo ascendia a mais de 468 dias e em apenas dois anos, ainda com as restrições da pandemia, a equipa do Serviço de Ortopedia do CHMT conseguiu recuperar a actividade e assistência aos utentes em lista de espera nomeadamente através da criação da Unidade de Ortogeriatria em Abrantes.
“O CRI Orto vai aumentar a acessibilidade e melhorar os tempos de resposta do SNS, com autonomia, com a responsabilização dos profissionais na gestão dos recursos que asseguram o desenvolvimento das melhores práticas para o CHMT”, afirma Amílcar Valverde.
Casimiro Ramos, presidente do conselho de administração do CHMT acrescenta: “não podíamos estar mais entusiasmados com a contratualização, ainda em 2023, do primeiro Centro de Responsabilidade Integrado do CHMT. Este tipo de programa atrairá mais profissionais de saúde para a nossa instituição. Para as pessoas pode ser ainda um termo desconhecido e distante, mas para que entendam como é importante para melhorar o SNS resumo-o em poucas palavras: foco total no doente, nos resultados e na qualidade dos cuidados de saúde prestados“, vinca.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo