Sociedade | 12-11-2023 21:00

Estão em marcha acções para travar sobrepopulação de javalis em Abrantes

Estão em marcha acções para travar sobrepopulação de javalis em Abrantes
Presidente da Câmara de Abrantes, Manuel Valamatos, garante que município está a realizar acções extraordinárias para reduzir população de javalis que têm sido avistados com frequência em zonas urbanas e destruído colheitas

Associação de caçadores tem estado empenhada na redução da densidade de javalis num concelho onde os animais são avistados em zonas urbanas e responsáveis pela destruição de colheitas.

A Associação de Caçadores de Alferrarede Velha está a levar a efeito um conjunto de acções extraordinárias autorizadas pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), que visam a redução da população de javalis em Abrantes, concelho onde os animais têm sido avistados com alguma frequência em zonas urbanas e destruído colheitas. A informação foi dada na última reunião do executivo da Câmara de Abrantes pelo presidente do município, Manuel Valamatos.
“Estamos gratos com o empenhamento de forma discreta com que esta associação tem desempenhado um papel importante na correcção da densidade de javalis. Um trabalho feito em estreita articulação com o gabinete de protecção civil, garantindo todas as condições de segurança e o ICNF, que é a entidade que tem competências nessa área”, disse o autarca socialista em resposta ao vereador do movimento Alternativacom, Vasco Damas, que quis saber se está a ser cumprida a limpeza de terrenos como forma de travar a proximidade dos javalis com as áreas urbanas.
Respondendo em concreto à questão colocada por Vasco Damas, o presidente do município garantiu que todos os terrenos municipais na zona da cidade estão limpos e que a autarquia tem vindo a “sensibilizar os privados” para que procedam à limpeza dos seus terrenos, embora nalguns casos, perante a lei, não sejam obrigados a limpar.
“Não vedamos as cidades e há muitos anos que javalis aparecem junto às habitações em zonas mais rurais. Dentro da Europa várias espécies estão a invadir as cidades e este princípio é que nos deve deixar preocupados relativamente às questões ambientais e todos os processos que o ser humano provoca para que estas coisas aconteçam”, acrescentou Manuel Valamatos, sublinhando a perigosidade associada quando se trata de javalis e que a sua presença não é problema exclusivo do concelho de Abrantes.
O autarca adiantou ainda que a câmara municipal se prepara para atribuir um apoio à Associação de Caçadores de Alferrarede Velha como forma de ajudar no processo de correcção da densidade de javalis.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo