Sociedade | 15-11-2023 10:00

Hospital de Santarém realiza primeira plasmaferese terapêutica

Hospital de Santarém realiza primeira plasmaferese terapêutica

Procedimento habitualmente realizado em hospitais centrais representa um “incremento de diferenciação” para o Hospital de Santarém.

O Hospital Distrital de Santarém (HDS) realizou, pela primeira vez, uma plasmaferese terapêutica, um tratamento médico em que, através do recurso a uma técnica específica, são removidos anticorpos nocivos que estão presentes no plasma sanguíneo. O procedimento resultou do esforço conjugado entre os Serviços de Imunohemoterapia, de Medicina Interna e de Medicina Intensiva.

Para João Moura, director do Serviço de Imunohemoterapia, a realização pela primeira vez deste procedimento, que habitualmente é realizado em hospitais centrais, representa um “incremento de diferenciação” para o Hospital de Santarém. De acordo com o médico, o primeiro doente a ser submetido a esta terapêutica apresentava uma complicação derivada da sua doença de base, púrpura trombocitopénica trombótica, patologia hematológica rara que envolve a formação de pequenos coágulos sanguíneos por todo o corpo, que bloqueiam o fluxo de sangue para órgãos vitais.

Segundo o diretor do Serviço de Imunohemoterapia, a plasmaferese tem também indicação em outras patologias, designadamente situações complexas do foro autoimune, neurológico, gastrenterológico, entre outras.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo