Sociedade | 21-11-2023 15:00

Estacionamento indevido e falta de limpeza de sarjetas são queixas repetidas em Azambuja

Estacionamento indevido e falta de limpeza de sarjetas são queixas repetidas em Azambuja
Silvino Lúcio lamenta que continue a haver quem não respeite os sinais de trânsito e estacione indevidamente

As reclamações são recorrentes mas não se vêem esforços para que sejam resolvidas, lamentou um munícipe na última reunião de câmara de Azambuja, onde elencou alguns dos problemas no espaço público para os quais tem alertado e que continuam sem solução.

A falta de manutenção de zonas verdes, da limpeza de sarjetas e de problemas com o estacionamento são algumas das queixas mais recorrentes nas reuniões do executivo da Câmara de Azambuja. Foi o caso da última, realizada a 7 de Novembro, com o munícipe José Caetano, que é presença assídua nas sessões, a usar da palavra para lamentar a inércia do município e junta de freguesia em resolver estes problemas que são recorrentes na vila de Azambuja.
“Andamos a fazer obras do que está mal na via pública e ninguém se preocupa. Não sei se é falta de empenho de quem está à frente da câmara e junta de freguesia ou se só fazem quando querem e lhes apetece”, afirmou o munícipe, depois de sublinhar que “o que se vê em Azambuja é um desleixo total”, nomeadamente no que respeita à manutenção de zonas verdes e limpeza de sarjetas a tempo de evitar entupimentos nas épocas de maior pluviosidade.
José Caetano lamentou também que esteja por cumprir a intenção de serem marcados dois lugares de estacionamento em frente ao edifício dos Paços do Concelho, para que os munícipes possam estacionar temporariamente para se dirigir aos serviços camarários, e que continuem a aumentar as situações de estacionamento indevido de veículos pesados dentro da vila, nomeadamente junto ao supermercado Aldi e em frente ao mercado diário, onde não é permitido estacionarem.
Depois de ouvir as queixas do munícipe, o presidente da Câmara de Azambuja, Silvino Lúcio, concordou que infelizmente continua a haver quem não respeite os sinais de trânsito e estacione indevidamente, mas que não compete à autarquia autuar os prevaricadores. Ainda assim, acrescentou, têm solicitado à Guarda Nacional Republicana que esteja atenda a essas situações que são recorrentes.
Relativamente aos lugares de estacionamento em frente à câmara municipal, o autarca do PS disse que iria saber por que é que ainda não foram marcados como reservados a munícipes que se deslocam aos serviços, e sobre as sarjetas garantiu que foram limpas, preventivamente e em algumas ruas, entre 29 de Setembro e 12 de Outubro.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo