Sociedade | 29-11-2023 10:00

Senhorios aumentam rendas de casa a famílias apoiadas pela Câmara de Coruche

Denúncia foi feita pelo presidente do município, Francisco Oliveira, em sessão camarária depois de o executivo aprovar aumento nos apoios à habitação a famílias com poucos rendimentos.

Alguns proprietários de casas em Coruche estão a aproveitar os apoios que o município tem dado aos cidadãos com menor capacidade financeira para aumentar o valor da renda. A denúncia foi feita pelo presidente da Câmara de Coruche em reunião do executivo municipal durante o debate da proposta de apoio aos munícipes no âmbito do programa Casas com Gente. “É lamentável que uma pessoa que receba um apoio de 150 euros por parte do município tenha depois o senhorio a aumentar-lhe a renda. Infelizmente é o que está a acontecer sobretudo nas zonas de Área de Reabilitação Urbana no centro histórico da vila”, criticou o socialista Francisco Oliveira.
O autarca esclareceu que se apoiam algumas famílias é porque elas precisam de ajuda financeira para conseguirem que o dinheiro chegue ao final do mês. “Não é justo que os senhorios, quando sabem deste apoio, aumentem a renda”, sublinha. O município aumentou o apoio ao programa Casas com Gente de 150 euros para 167,50 euros. O vereador da oposição, Valter Jerónimo (CDU), pediu à maioria socialista que inclua no orçamento para 2024 o valor dos apoios ao arrendamento.
O presidente da Câmara de Coruche afirma existir uma grande necessidade de ter casas para arrendamento a custos controlados. Nesse sentido, o executivo aprovou por unanimidade, em sessão camarária, a aquisição de um prédio de quatro andares, na Rua dos Guerreiros, em Coruche, por cerca de 250 mil euros. O objectivo é fazer obras de recuperação e colocar o imóvel para arrendamento a custos controlados. O edifício é composto por quatro apartamentos tipologia T3.
O município também aprovou, na mesma reunião de câmara, o lançamento de um novo concurso da reabilitação de um edifício multifamiliar, na Rua Júlio Maria de Sousa, também conhecido como edifício das Corujas, por um milhão e 388 mil euros mais IVA. Terá a capacidade para 15 habitações, desde tipologia T0 a T2.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1652
    21-02-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1652
    21-02-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo