Sociedade | 03-12-2023 18:00

Falsas funcionárias da Segurança Social andam a roubar e burlar idosos em Azambuja

Falsas funcionárias da Segurança Social andam a roubar e burlar idosos em Azambuja
Uma das burlas consumadas aconteceu numa moradia junto à Igreja de Aveiras de Baixo, freguesia onde recentemente uma outra casa foi assaltada

Depois do assalto a uma habitação em Casais da Lagoa uma idosa residente em Aveiras de Baixo foi roubada por falsas funcionárias da Segurança Social. Há casos de tentativas de burla a idosos noutras freguesias do concelho de Azambuja, onde está a crescer o sentimento de insegurança.

Uma onda de assaltos e tentativas de burlas está a varrer o concelho de Azambuja nas últimas semanas e os idosos têm sido alvos preferenciais dos criminosos. Depois de um furto consumado num apartamento em Casais da Lagoa, freguesia de Aveiras de Baixo, ocorrido no feriado de 1 de Novembro que rendeu vários cordões em ouro aos assaltantes que entraram pela janela aproveitando a ausência dos residentes, foi a vez de uma idosa, moradora em Aveiras de Baixo, ter aberto a porta a uma dupla de mulheres que se faziam passar por falsas funcionárias da Segurança Social.
“Disseram que eram da Segurança Social, entraram, empurraram a senhora e foram à cómoda onde tinha uma caixa com os bens”, relatou a O MIRANTE o presidente da Câmara de Azambuja, Silvino Lúcio, acrescentando que no momento em que a idosa tentava ligar à filha lhe foi retirado o telemóvel das mãos pelas burlonas para impedir a concretização da chamada.
De acordo com o autarca, do lado de fora da casa da idosa estava estacionado um carro com um condutor à espera da dupla de criminosas que conseguiram levar várias peças em ouro e algum dinheiro. As autoridades, adiantou ainda Silvino Lúcio, já foram alertadas e têm, inclusive, em sua posse imagens captadas por uma câmara de videovigilância privada onde é visível o veículo envolvido no assalto.

Usados esquemas para conseguir ganhar confiança dos idosos
O assunto foi também abordado na reunião de 21 de Novembro do executivo municipal de Azambuja pelo vereador do PSD, José Paulo Pereira, que falou em casos de tentativa de burla a idosos em Vale do Paraíso, Aveiras de Baixo e Aveiras de Cima, que minam o sentimento de segurança que costumava existir naquele concelho. Sobre estes casos, ao que foi possível apurar, os esquemas utilizados pelos criminosos para conseguirem uma aproximação aos idosos que abordam à porta de casa são variados: desde perguntarem se têm os medicamentos de que precisam e as vacinas em dia, a questionarem se receberam uma carta que os próprios tinham colocado antes na caixa de correio da pessoa. Em qualquer um dos esquemas a intenção é conquistar a confiança necessária para que os idosos - que geralmente moram sozinhos e podem apresentar debilidades motoras e até cognitivas - lhes abram a porta e os deixem entrar.
O presidente da Câmara de Azambuja considera que é preciso voltar atenções para estes assaltos e tentativas de burla, que já abordou junto da GNR no sentido de alertar para um problema que “está a ser recorrente”. Silvino Lúcio adiantou ainda que, segundo lhe foi dito, o núcleo de investigação criminal da GNR está a investigar. O MIRANTE procurou saber junto da GNR mais dados e informações acerca destas ocorrências, mas sem sucesso até à data de fecho desta edição.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1653
    28-02-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1653
    28-02-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo