Sociedade | 10-12-2023 12:00

Novidades sobre projecto para acabar com inundações em Minde

Novidades sobre projecto para acabar com inundações em Minde
Presidente da Junta de Minde, Fátima Ramalho

Presidente da Junta de Minde foi à reunião de câmara de Alcanena questionar o executivo sobre novidades acerca de um projecto que pretende solucionar os constrangimentos provocados pelo deficiente funcionamento da rede de águas pluviais. Presidente do município apresentou duas soluções.

Os transtornos que a rede de águas pluviais em Minde têm causado à população continuam a gerar indignação e na última sessão camarária de Alcanena, que se realizou na segunda-feira, 20 de Novembro, Fátima Ramalho, presidente da Junta de Freguesia de Minde, marcou presença para questionar o executivo municipal sobre se existe solução à vista.
Recorde-se que, em Dezembro do ano passado, O MIRANTE deu conta do descontentamento dos moradores face à situação, que ficou pior depois do abatimento do piso na Rua da Associação dos Bombeiros Voluntários de Minde e de várias inundações em espaços públicos. Nessa altura, a empresa municipal Aquanena defendeu a criação de uma solução integrada e definitiva e adjudicou a uma empresa especializada o desenvolvimento de um projecto para a reformulação da rede de drenagem das águas pluviais.
Na última reunião de executivo, o presidente do município, Rui Anastácio, informou a autarca da freguesia que já está feito um estudo prévio e já foram identificados os problemas. Segundo o autarca, as situações surgem de “um mau cadastro da rede de águas e da sobrecarga das condutas”. Rui Anastácio referiu que a solução implica duas fases, sendo a primeira o encaminhamento das águas, junto ao centro de saúde, para a mata perto da estrada de Nossa Senhora de Fátima. Se o problema persistir, acrescenta, existe uma alternativa que é a inversão das águas junto ao mercado municipal, que depois vão ser descarregadas na mesma mata. O presidente acredita que a alternativa resolve o problema, no entanto, apenas será executada caso a primeira não tenha sucesso. O projecto deverá estar concluído no fim deste ano, com a empreitada posta a concurso no início de 2024.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1653
    28-02-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1653
    28-02-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo