Sociedade | 15-12-2023 18:00

Matas e Cercal foram as freguesias mais afectadas pelos incêndios rurais em Ourém

O auditório do edifício-sede da Câmara de Ourém acolheu mais uma reunião do Conselho Municipal de Segurança dirigido pelo presidente da autarquia, Luís Miguel Albuquerque. O coordenador municipal de Protecção Civil, Miguel Freire, fez o balanço de várias actividades em 2023, nomeadamente os incêndios rurais que tiveram como principais freguesias afectadas Matas e Cercal (339 hectares), Rio de Couros e Casal dos Bernardos (257 hectares), Gondemaria e Olival (181 hectares), Atouguia (96 hectares), Caxarias (66 hectares), e Espite (37 hectares). A apresentação centrou-se também na Feirourém 2023, preparação das peregrinações a Fátima, vinda do Papa a Fátima, intempéries e incêndios urbanos e na formação e simulacros.
A reunião contemplou a apresentação dos números associados à intervenção da Estrutura de Atendimento à Vítima de Violência Doméstica do Município de Ourém e do Planeamento para o ano de 2024. Foram também apresentados dados apurados sobre a criminalidade e sinistralidade rodoviária no ano em curso, pela PSP e GNR na sua área de intervenção. O conselho municipal tem como principais competências a monitorização e avaliação dos índices de criminalidade e sinistralidade rodoviária e o acompanhamento da actividade da Protecção Civil, entre outros aspectos relacionados com a segurança da comunidade.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo