Sociedade | 16-12-2023 18:00

Açude insuflável de Abrantes vai entrar em manutenção

Trabalhos vão durar cerca de três meses e incluem a instalação de um sistema de videovigilância para monitorização da escada passa-peixe e, em simultâneo, para acabar com o vandalismo.

O açude insuflável de Abrantes vai receber trabalhos de manutenção durante os próximos três meses para monitorização, verificação das comportas e ainda instalação de um sistema de videovigilância na margem sul. A informação foi avançada na reunião camarária de 7 de Dezembro pelo vereador com o pelouro das Obras Públicas, João Gomes.
Segundo o vereador, estes trabalhos já estavam previstos e vão ser realizados durante os meses de Inverno por se tratar de uma época do ano em que não é tão importante a retenção de água como o é nos meses mais secos do Verão. João Gomes explicou ainda que as câmaras de vigilância servirão para monitorizar a escada passa-peixe e para o acompanhamento das comportas e respectiva visualização, a fim de evitar danos causados por terceiros, como já aconteceu no passado. A acompanhar todo o processo estará uma empresa especializada a prestar “apoio de base informativa”.
O açude insuflável, inaugurado em 2007 e resultante de um investimento de 10 milhões de euros, suscitou alguma controvérsia e já foi notícia, ao longo dos anos, por razões negativas relacionadas com actos de vandalismo e também com problemas no sistema passa-peixe. Foi o que aconteceu em Abril de 2015 quando milhares de peixes de diversas espécies que tentavam ultrapassar o açude para continuarem a subir o rio Tejo e desovar morreram encurralados numa zona labiríntica de cimento construída com o açude, denominada de passa-peixe, um sistema que foi construído sem licenciamento, segundo informava o Ministério do Ambiente em Setembro de 2009 em resposta a um requerimento apresentado pela deputada Alda Macedo, do Bloco de Esquerda.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1653
    28-02-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1653
    28-02-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo