Sociedade | 17-12-2023

Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir

1 / 22
Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir
2 / 22
Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir
3 / 22
Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir
4 / 22
Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir
5 / 22
Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir
6 / 22
Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir
7 / 22
Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir
8 / 22
Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir
9 / 22
Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir
10 / 22
Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir
11 / 22
Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir
12 / 22
Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir
13 / 22
Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir
14 / 22
Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir
15 / 22
Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir
16 / 22
Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir
17 / 22
Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir
18 / 22
Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir
19 / 22
Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir
20 / 22
Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir
21 / 22
Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir
22 / 22
Na Cerci Flor da Vida comprar um presente de Natal é um gesto solidário que faz sorrir

A Cerci Flor da Vida de Azambuja abriu uma galeria de arte onde a população pode adquirir os trabalhos manuais que os seus utentes produziram ao longo do ano. Das pinturas natalícias de Helena ao casario em tela de David nesta loja não faltam presentes originais e solidários para oferecer no Natal.

A preparação para a abertura da galeria de arte Mãos com Vida fez-se ao longo do ano nas salas de tapeçaria, culinária, das letras e dos artistas do edifício sede da Cerci Flor da Vida de Azambuja, instituição que presta apoio a mais de 400 pessoas com deficiência. Os utentes pintaram telhas e telas, cozinharam compotas e bolachas, produziram presépios, sabonetes e velas artesanais, coseram aventais, almofadas e bordaram os tapetes de Arraiolos que agora integram o espólio para as vendas de Natal. “Cada um tem as suas aptidões e gostos” por isso cada trabalho manual proposto a determinado utente tem isso em conta, explica a monitora Elisabete Martins enquanto ajuda Andreia Alexandre a escolher as cores com que vai colorir os temas florais desenhados na tela.
Na loja, que está de porta aberta para a principal rua de Azambuja, estão diariamente vários utentes da instituição a prosseguir os seus trabalhos. “Para eles é muito importante estarem aqui; socializam com as pessoas que entram na loja, mostram o trabalho e fazem questão de dizer que foram eles que o fizeram”, continua a monitora, sublinhando que esta iniciativa é importante para a auto-estima dos utentes, que ouvem elogios às peças que produziram e que entusiasticamente vêem ser compradas pelos clientes. “Há uma continuidade de pessoas que vêm comprar produtos feitos pelos nossos meninos. É importante para nós, que temos esta política de produzir com gosto e qualidade para vender em vez de solicitarmos donativos ou fazermos peditórios”, faz notar o presidente da instituição, José Manuel Franco.
Na nova galeria todos trabalham para o mesmo, sem pretensiosismos de artista, nem mesmo quando se reclamam direitos de autor. “Esse fui eu que fiz”, atira David Fernandes enquanto pousa o pincel e desvia, por segundos, o olhar da tela inacabada que tem à frente. Um casario alegre e colorido a tons quentes que pode ser entendido como uma analogia ao seu permanente estado de espírito. Sociável e com alma de comerciante - além do jeito para a pintura -, este utente de 45 anos, residente em Castanheira do Ribatejo, faz questão de cumprimentar com um enérgico “bom dia” cada potencial cliente que entra na loja. Fá-lo, explica, “para conviver com as pessoas e ajudar a vender” as peças das quais tem “muito orgulho”.
Entra uma cliente na loja que se entusiasma com uma placa de madeira pintada de negro com a frase escrita a branco “O amor mora aqui”, que acaba por levar juntamente com um frasco de doce de tomate feito de forma artesanal pelos utentes. É evidente, nos cinco que ali estão, o orgulho que sentem ao ver Elisabete embrulhar cuidadosamente os artigos que ajudaram a produzir e que este Natal serão o presente de alguém. “É um trabalho colectivo. Aqui todos conseguimos tudo. A Bé não aceita que a gente diga que não conseguimos fazer”, atira David, referindo-se à monitora Elisabete, agora debruçada sobre o trabalho de inspiração natalícia da utente residente no lar da Cerci, sentada à esquerda de David. Chama-se Helena Ribeiro, gosta de pintar porque essa activadade a acalma e nesta altura do ano fica satisfeita por poder fazê-lo, ainda que temporariamente, num espaço onde pode observar o movimento do quotidiano naquele troço da Rua Engenheiro Moniz da Maia. “Tento não pintar fora das linhas”, mas, como lhes diz Elisabete, “tudo tem solução e todos conseguem”.

Trabalhos dos utentes podem ser adquiridos até ao Natal
A galeria-oficina Mãos com Vida é um projecto que a Cerci de Azambuja põe em prática na época natalícia como forma de valorizar os trabalhos manuais produzidos pelos utentes e, ao mesmo tempo, conseguir uma verba extra para reforçar o orçamento da instituição. Inaugurado a 4 de Dezembro o espaço estará em funcionamento, das 09h00 às 17h00, pelo menos até 25 de Dezembro, em frente à Biblioteca Municipal de Azambuja. A Cerci Flor da Vida é uma cooperativa fundada em 1980 que tem como missão promover a adaptação e integração na sociedade de pessoas com deficiência e que desenvolve a sua actividade através de valências como a formação profissional, centro de actividades ocupacionais, valência socio-educativa, serviço integrado de intervenção precoce e unidade residencial.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo