Sociedade | 14-01-2024 21:00

Ourém dá exemplo de aposta na Educação

Ourém dá exemplo de aposta na Educação
Obras de requalificação em duas escolas resultam de um investimento superior a dois milhões de euros

Ourém investiu cerca de dois milhões, com o apoio de fundos comunitários, na renovação da Escola E.B 2/3 Cónego Dr. Manuel Lopes Perdigão, em Caxarias, e do Centro Escolar de Atouguia. O presidente do município, Luís Albuquerque, anunciou ainda a construção de um novo centro escolar em Fátima.

O município de Ourém tem apostado na melhoria das condições dos estabelecimentos de ensino do concelho para proporcionar maior qualidade de aprendizagem e dar resposta ao incremento significativo de novos alunos. As inaugurações da escola-sede do Agrupamento de Escolas Cónego Dr. Manuel Lopes Perdigão, em Caxarias, e do Centro Escolar de Atouguia, que decorreram a 3 de Janeiro, são exemplo disso.
A requalificação da primeira incidiu no isolamento e aquecimento do edifício e intervenção na cobertura e fachadas, contribuindo para o aumento da eficiência energética, num investimento de quase um milhão de euros. As obras incluíram também a construção de uma portaria, estacionamento exterior e beneficiações no bar e refeitório. Cláudia Campos, directora do agrupamento, que conta com cerca de 560 alunos e mais de 60 professores, agradeceu a ajuda do executivo municipal e a aposta na educação. “A inauguração da escola não é apenas mais um marco importante na história deste agrupamento, é um investimento nas escola da rede pública e uma oportunidade para continuarmos a ambicionar um ensino de vanguarda proporcionando melhores condições a todos os que nele trabalham e aprendem”, sublinhou a directora.
A requalificação do Centro Escolar de Atouguia implicou a renovação das instalações existentes do pré-escolar e a construção de um novo edifício para o primeiro ciclo com quatro salas de aula, num investimento que rondou 1,1 milhões de euros. Diogo Alves, director do Agrupamento de Escolas Conde de Ourém, começou por destacar que a inauguração do centro escolar que teve para fechar há alguns anos “é sinal de crescimento, vitalidade e resultado de um aumento populacional relevante na Atouguia e no concelho”. Concluiu realçando as novas condições da escola, que tem cerca de uma centena de alunos, e o contexto envolvente com a natureza, também elogiado pela presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDR Centro), Isabel Damasceno. A O MIRANTE, Diogo Alves explicou que o edifício renovado que já existia é composto pela biblioteca, refeitório, uma sala para o pré-escolar e uma sala disponível onde pretende conseguir reunir as melhores condições para dar resposta a alunos com necessidades educativas especiais.
Para a presidente da CCDR Centro “estas requalificações são fundamentais para o ensino público, para os jovens e para o futuro”. Acrescentou ainda que ao melhorar as instalações estão a dar condições para uma melhor aprendizagem e que a aprendizagem também depende do bom ambiente formado por toda a comunidade educativa. Concluiu, salientando o planeamento e execução da Câmara Municipal de Ourém que tem aproveitado de forma eficiente e profissional os fundos comunitários ao dispor.
Luís Albuquerque, presidente da câmara, afirmou que a requalificação da escola em Caxarias “era uma intervenção que se impunha e que veio completar a construção do Centro Escolar de Carvoeira, nomeadamente em termos do refeitório, acessos e arranjos exteriores”. Em relação ao Centro Escolar de Atouguia, o presidente do município agradeceu também à Associação Recreativa e Cultural Atouguiense (ARCA) por ter cedido um terreno onde foi construído o novo edifício que complementou o existente. “Este talvez seja um bom exemplo de como as obras publicas devem ser concluídas: dentro dos prazos, de acordo com os valores e os projectos apresentados”, afirmou. O autarca lembrou que Ourém “está ao nível dos concelhos com maior volume de investimento na região centro”. “Nestes seis anos, só da CCRD Centro, o município já recebeu cerca de 15 milhões de euros de financiamento, integrados num total de cerca de 20 milhões de investimento”, realçou. Adiantou ainda que, no novo quadro comunitário de apoio 2030, já têm projectos que irão ser financiados, incluindo a candidatura para um novo centro escolar em Fátima que já está aprovada pela CCDR para dar resposta ao aumento de novos alunos.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1653
    28-02-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1653
    28-02-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo