Sociedade | 04-02-2024 07:00

Enfermeiros anunciam greve no Hospital de Vila Franca de Xira

Profissionais exigem contagem do tempo de serviço e regulação dos horários e marcaram nova jornada de luta para 8 de Fevereiro.

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) anunciou uma greve dos profissionais de saúde do Hospital de Vila Franca de Xira para 8 de Fevereiro. Em comunicado, o SEP diz que o novo ano traz um arrastar dos problemas e que a luta dos enfermeiros de Vila Franca de Xira tem de ser ouvida. “A carência de enfermeiros no Hospital de Vila Franca de Xira é uma realidade evidente. Esta situação levou não só à redução de enfermeiros por turno, pondo em causa a qualidade dos cuidados prestados pela instituição, como levou à realização de trabalho extraordinário programado, acumulação de dezenas de feriados não gozados, redução de folgas, aumento do ritmo de trabalho e mantendo, na maioria dos serviços, as 12 horas como período normal de trabalho”, critica o SEP.
Aquela estrutura sindical defende a urgência de criar melhores condições de trabalho no Hospital de Vila Franca de Xira, para atrair e fixar enfermeiros e dar resposta às necessidades. “Por isso, foi decidido em plenário concretizado pelo SEP, além de um pedido de reunião à administração deste hospital, a realização de uma greve dia 8 de Fevereiro nos turnos da manhã e tarde, caso não sejam atendidas as justas reivindicações”, apela.
Os enfermeiros exigem a contabilização de todos os pontos e anos de serviço no Serviço Nacional de Saúde para efeitos de progressão, independentemente do mês de entrada e sobretudo nos contratos com vínculo precário, a transição de todos os enfermeiros especialistas para a respectiva categoria, a urgente contratação de mais enfermeiros e a regulação dos horários de trabalho aplicando as 35 horas semanais.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1653
    28-02-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1653
    28-02-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo