Sociedade | 16-02-2024 21:00

Aprovado projecto da segunda fase da requalificação da Estrada de Minde

Aprovado projecto da segunda fase da requalificação da Estrada de Minde
Empreitada vai resultar de um investimento na ordem dos 2,5 milhões de euros. Foto CM Ourém

Segunda fase da requalificação da Estrada de Minde deverá iniciar no último quadrimestre deste ano. Trabalhos têm um custo total estimado em cerca de 2,5 milhões de euros.

O executivo da Câmara de Ourém aprovou o projecto da segunda fase da requalificação da Estrada de Minde. O processo segue agora para apreciação da assembleia municipal, que vai decidir sobre a aprovação da despesa plurianual. O projecto, avaliado em cerca de 2,5 milhões de euros para um troço de três quilómetros, visa ligar a área actualmente em obra ao limite do concelho de Ourém. O presidente do município, Luís Miguel Albuquerque, referiu que em condições normais acredita que a “segunda fase desta obra se possa iniciar no último quadrimestre deste ano, com um foco claro em aumentar a segurança tanto para a circulação pedonal quanto viária”.
A intervenção abrange a reabilitação completa do percurso viário, com aumento da plataforma viária e das bermas, melhoramento dos acessos viários, requalificação/ampliação das infraestruturas de abastecimento de água, drenagem de águas residuais e águas pluviais. Além disso, prevê a implementação de espaços pedonais e cicláveis para promover a mobilidade sustentada, um circuito de mobilidade segura na interacção entre trânsito rodoviário e pedonal, e facilitar o turismo religioso e a interacção no circuito de Alcanena/Fátima. Os custos estimados para a realização dos trabalhos são de aproximadamente 2,5 milhões de euros, acrescido de IVA, com um prazo proposto de 365 dias para a execução da obra.

Requalificação de troço no Carregal
Na mesma sessão camarária foi aprovado o projecto de requalificação da Rede Viária Municipal num troço da Rua Principal no Carregal. O projecto envolve o alargamento da faixa de rodagem, a criação de um passeio em calçada e a instalação de um sistema subterrâneo para o escoamento de águas pluviais. A intervenção fará a ligação aos passeios já existentes da EN 349 e na Estrada do Carregal, ficando assim fechado um circuito pedonal seguro numa das zonas periféricas da cidade de Ourém. O projecto tem uma estimativa orçamental de aproximadamente 167 mil euros, acrescidos de IVA, com um prazo de execução de 120 dias.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1659
    10-04-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1659
    10-04-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo