Sociedade | 22-02-2024 12:00

Apoio ao Museu Agrícola de Riachos duplica mas PSD considera-o insuficiente para necessidades do espaço

Município de Torres Novas aumentou para dois mil euros o subsídio mensal ao Museu Agrícola de Riachos. Vereador do PSD entende que apoio camarário fica aquém do esperado para ajudar a dinamizar um projecto que funciona num edifício que não o dignifica.

Nenhum dos partidos da oposição no executivo da Câmara de Torres Novas se opôs ao aumento de mil para dois mil euros de apoio mensal à Associação para Defesa do Património Histórico e Natural da Região de Riachos, mais conhecido por Museu Agrícola de Riachos. No entanto, o PSD, pela voz do vereador Tiago Ferreira, entende que é preciso ir mais longe nos apoios dados à colectividade que gere o museu, ao invés de se estar apenas a suportar a despesa corrente que o mesmo acarreta. “Tenho sentido que não há uma estratégia da câmara para a reconversão daquele espaço. Aquele espaço foi adquirido, não nos foi apresentado ainda nenhum projecto para a reconversão e o que estamos aqui a fazer é a dar um apoio para a sobrevivência do museu. Não há uma lógica estrutural”, disse o social-democrata defendendo que o edifício que alberga o museu carece de requalificação.
Nesse sentido Tiago Ferreira disse que votaria favoravelmente a proposta de aumento do subsídio, mas que esperava que até ao final do presente mandato autárquico os socialistas que governam o município pudessem dar ao Museu Agrícola de Riachos melhores condições físicas que façam jus ao trabalho que lá é desenvolvido.

Obras vão esperar por fundos comunitários
O presidente do município, Pedro Ferreira (PS), concordou que aquela infraestrutura - adquirida em 2019 pela câmara municipal - precisa de ser alvo de intervenção. Há, contudo, prosseguiu, que procurar e aguardar pela abertura de candidaturas a fundos comunitários que possam suportar o custo com as obras, juntamente com o município.
O autarca adiantou ainda que já existe um “projecto escrito”, feito em parceria com a direcção do Museu Agrícola de Riachos, sendo por isso um processo de investimento futuro que está em andamento. “É um espaço enorme, agradável, bem localizado e queremos continuar a apostar”, vincou, ressalvando que essa vontade de requalificar o espaço não pode levar a que a autarquia deixe, neste momento, de ajudar a suportar as despesas do museu que tem “gestão débil em termos financeiros”. O espaço que alberga o Museu Agrícola de Riachos e o Núcleo de Arte de Riachense (NAR), assim como uma oficina e uma habitação, foi adquirido pelo município, em 2019, pelo montante de 102.600 euros.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1664
    15-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1664
    15-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo