Sociedade | 23-02-2024 10:00

Perito forense e historiador nos tempos livres

Perito forense e historiador nos tempos livres
José Carlos Antas é um apaixonado por história e pelas relações interpessoais

José Carlos Antas é de Vila Franca de Xira, vive no Vale de Santarém e é perito forense na PJ. É investigador nos tempos livres e envolve-se na cidadania activa.

Apaixonado por História, é investigador nos tempos livres e confessa-se uma pessoa envolvida na cidadania activa. À margem da apresentação dos seus livros em Vila Franca de Xira, sentou-se com O MIRANTE a falar da sua cidade, do que o inquieta na vida, da inteligência artificial e da defesa do regresso do serviço militar obrigatório.

É preso entre um presente efémero e um futuro incógnito que José Carlos Antas procura a sua libertação recorrendo ao estudo da História, por acreditar que saber de onde viemos e como chegámos aqui nos pode ajudar a planear e traçar melhor o futuro. É um fio condutor que também acompanha o perito forense da Polícia Judiciária no seu dia-a-dia e para quem a História diz muito de como o homem se comporta. “O ser humano evoluiu muito depressa desde as cavernas e do uso do fogo até às mega-cidades de hoje, ao passo que os nossos genes não nos acompanharam tão rapidamente nesse processo. Ainda temos muito de reptiliano nas nossas defesas. Ainda somos tribais, possessivos, territoriais e animalescos. As ambições do homem por sexo, dinheiro e poder são as mesmas, embora de formas diferentes”, defende.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1660
    17-04-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1660
    17-04-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo