Sociedade | 26-02-2024 18:00

Cruzamento para A-dos-Melros é demasiado perigoso para ter semáforos

A Infraestruturas de Portugal emitiu vários pareceres negativos ao pedido da Câmara de Vila Franca de Xira referente à instalação de semáforos com controlo de velocidade no local.

O cruzamento na Estrada Nacional 10-6 que dá acesso à aldeia de A-dos-Melros, na freguesia de Alverca, que tem uma reduzida visibilidade, não pode receber sinalização semafórica porque o local foi classificado como sendo demasiado perigoso. A Infraestruturas de Portugal (IP), entidade que tem a responsabilidade da gestão da EN10-6, emitiu vários pareceres negativos ao pedido da Câmara de Vila Franca de Xira referente à instalação de semáforos com controlo de velocidade no local, por considerar que a zona não apresenta segurança suficiente, devido a um conjunto de curvas apertadas de baixa visibilidade.
A falta de segurança naquele cruzamento é há muito uma preocupação das gentes da aldeia que, nos últimos meses, foi sendo notícia por outro motivo, o das explosões na vizinha pedreira da Cimpor, como O MIRANTE foi dando nota. Agora o problema do cruzamento foi novamente trazido para a actualidade pela vereadora Ana Afonso, da coligação Nova Geração (PSD/PPM/MPT) em reunião de câmara. “Para quando a colocação no local de semáforos com sensores? O perigo persiste naquele cruzamento e as pessoas correm um sério risco de ter acidentes ali. É urgente que isto seja resolvido”, frisou a autarca.
Face aos sucessivos pareceres negativos da IP, o presidente do município, Fernando Paulo Ferreira, explicou que o problema daquele cruzamento está identificado e que os serviços técnicos da câmara estão a estudar, juntamente com a IP, outras formas de garantir à população a saída e entrada em segurança na aldeia, embora não se saiba ainda que ideias possam estar em cima da mesa e quando é que poderão ter luz verde.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1660
    17-04-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1660
    17-04-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo