Sociedade | 26-02-2024 10:00

Reduzir poluição dos transportes é o maior desafio ambiental em Vila Franca de Xira

Concelho de Vila Franca de Xira tem em discussão pública novo documento que traça 19 medidas para mitigar alertas expressos no plano de adaptação às alterações climáticas. Medidas serão apresentadas a 27 de Fevereiro numa sessão pública na Fábrica das Palavras.

O sector dos transportes no concelho de Vila Franca de Xira é o “mais problemático” no objectivo do concelho em reduzir as suas emissões de gases com efeitos de estufa num futuro próximo, no entender dos técnicos que elaboraram o novo Plano de Acção para a Energia Sustentável e Clima (PAESC) do concelho.
O documento está em consulta pública até 27 de Fevereiro para recolher contributos e sugestões da comunidade e apresenta, em 182 páginas, um estudo aprofundado do clima no concelho e 19 medidas específicas para mitigar as emissões em pelo menos 40% até 2030. Ao nível dos transportes, lê-se no documento, importa promover novos paradigmas de mobilidade, incluindo a melhoria da intermobilidade, a promoção de tecnologias de propulsão alternativa como os veículos eléctricos e a hidrogénio e a valorização dos meios suaves de transporte, como as bicicletas e andar a pé, já que a mobilidade é a maior dificuldade para se conseguir ter melhor ar puro no concelho.
As reduções de 40% nas emissões resultarão de acções directas da câmara municipal mas também da comunidade, ressalva o estudo, notando que os novos edifícios a serem licenciados devem apresentar melhorias no desempenho energético. Entre as medidas propostas estão formas de melhorar a resposta a incêndios rurais, proteger zonas sensíveis à intrusão salina, adaptação a inundações do rio Tejo, mitigar impactos das ondas de calor, melhorar a eficácia da drenagem, substituição de caldeiras de combustíveis fósseis por biocombustíveis, entre outras. O plano pode ser consultado no site da câmara municipal.
Este novo plano de acção é um documento que visa desenvolver com maior pormenor a componente de mitigação e criar 19 medidas para dar resposta à estratégia de adaptação climática do concelho, o já noticiado Plano Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas de Vila Franca de Xira.
No dia 22 de Fevereiro, na Fábrica das Palavras, será realizada a apresentação pública deste novo plano, entre as 18h30 e as 20h30. O documento é também uma resposta do município às exigências da Lei de Bases do Clima e ao compromisso estabelecido junto do Pacto de Autarcas para o Clima e Energia Europa, visando uma redução de emissões de gases de estufa em pelo menos 55% até 2030.
O plano de acção revela que em 2008 Vila Franca de Xira consumiu 2,3% de toda a energia final consumida em Portugal nesse ano, sendo que o consumo de energia per capita no concelho foi de 38,75 megawatts/habitante, um valor considerado 77% superior à medida nacional. Ao nível das emissões, Vila Franca de Xira foi responsável pela emissão nesse ano de um milhão 546 mil toneladas de CO2, cerca de 2,4% do valor total nacional.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1660
    17-04-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1660
    17-04-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo