Sociedade | 05-03-2024 21:00

Investidores vão transformar Herdade da Vargem Fresca na “Flórida da Europa” para reformados

A empresa de investimentos imobiliários A Portugal Village Of Life comprou os terrenos da Herdade da Vargem Fresca, em Santo Estêvão. O projecto passa pela oferta de habitação e serviços para reformados e idosos e tem o aval da Câmara de Benavente.

A Portugal Village Of Life, Investimentos Imobiliários, Unipessoal, Lda comprou a Herdade da Vargem Fresca, em Santo Estêvão, concelho de Benavente. A empresa é composta por um grupo de investidores que constituíram a empresa em 2021 para desenvolverem um projecto direccionado aos reformados com capacidade financeira para gozarem a aposentação. A licença administrativa para alterar o loteamento foi aprovada por unanimidade em reunião de Câmara de Benavente.
O projecto prevê a construção de equipamentos de lazer e de saúde. Na Câmara de Benavente já deram entrada os processos para avançar com os apartamentos e um hotel que vai ficar na parte central da Herdade da Vargem Fresca. Recorde-se que esta herdade ficou disponível para venda no rol de activos do Novo Banco após ter estado ligada à polémica aprovação de um empreendimento turístico da empresa Portucale, do Grupo Espírito Santo.
Na altura, para poder avançar, o projecto turístico-imobiliário obrigou ao abate de 2.500 sobreiros, através de um despacho assinado a poucos dias das legislativas de 2005. Apesar da pressa na aprovação do projecto, há mais de 18 anos, o empreendimento nunca chegou a avançar e ainda está por construir. À época estavam previstas construções de moradias, hotéis, campos de golfe, um centro hípico, uma barragem e um campo de tiro.
Actualmente o terreno tem ruas, passeios e canalizações e por isso não são necessárias obras da parte da Águas do Ribatejo (AR). Segundo explicou o arquitecto do município, João Pedro Leitão, a AR já deu parecer positivo.
O projecto da Portugal Village Of Life contempla a redução de dois campos de golfe para poder ser construído um centro cívico. Está ainda prevista a construção de um restaurante, café e uma sala de cinema que, para além de servir os utentes do espaço, vão estar abertas à população.

Um projecto de milhões com origem nos EUA
Em comunicado, o promotor indica que o ‘resort’ pretende “oferecer uma solução integrada, abrangente e holística para o grupo-alvo de 55 anos ou mais”. O “Life Plan Resorts” deverá abrir gradualmente a partir de 2025 e irá ter 1.400 acomodações, divididas entre estúdios, apartamentos, moradias e casas geminadas, com o intuito de “promover a independência dos seus residentes”. Fala-se na criação de dois mil postos de trabalho com a construção do ‘resort’ dedicado ao “envelhecimento saudável” num investimento superior a mil milhões de euros, anunciou o promotor.
O projecto prevê também a criação de vários serviços de saúde como consultórios médicos, cuidados ao domicílio, reabilitação e 260 camas de cuidados continuados. Está igualmente prevista a construção de dois campos de golfe, uma escola de cuidadores e alojamento para 300 funcionários.
Citado no comunicado, o fundador da “Life Plan”, que é também médico e empresário, Jack Shevel, salienta que “o espaço pretende proporcionar os melhores anos de vida aos residentes através de uma abordagem holística e médica para um envelhecimento activo”, adiantando que o clima, a qualidade de vida, a segurança e a gastronomia foram factores determinantes para o investimento em Portugal. Ainda segundo o norte-americano Portugal tem capacidade para se tornar na “Flórida da Europa” para reformados.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1660
    17-04-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1660
    17-04-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo