Sociedade | 12-03-2024 15:00

Casa dos Beirões no Ribatejo quer concluir obra do novo complexo social

Casa dos Beirões no Ribatejo quer concluir obra do novo complexo social
Associação Casa dos Beirões no Ribatejo foi fundada em Outubro de 2000 e tem quase um milhar de sócios pagantes

A Associação Casa dos Beirões no Ribatejo, fundada em 2000, tem como objectivo principal a conclusão da construção do complexo social na urbanização do Casal do Pereiro, na localidade do Grainho, em Santarém. Colectividade tem quase um milhar de sócios.

A Associação Casa dos Beirões no Ribatejo está perto de atingir um milhar de sócios pagantes, muito devido à actividade regular que tem desenvolvido no concelho de Santarém e não só. Somando o número de sócios aos respectivos cônjuges e filhos, que usufruem das mesmas regalias, a associação chega directamente a mais de 1.500 pessoas.
Dionísio Abreu de Campos, 77 anos, é o actual presidente da direcção e um dos fundadores da colectividade, criada a 3 de Outubro de 2000. Dionísio Abreu de Campos tem na sua equipa Carlos Marçal, vice-presidente, Manuel Melheiras, tesoureiro, Carlos Martinho, secretário, e Jorge Cardoso, vogal. O presidente explica a O MIRANTE que o objectivo inicial da associação era a criação de um espaço de convívio diferenciado. Com o passar do tempo, e depois de perceberem a falta de estruturas sociais para idosos no concelho, colocaram em cima da mesa a hipótese da construção de um complexo social.
Mais de metade dos actuais sócios da associação tem uma idade superior a 70 anos. Em 2014 iniciou-se o projecto do complexo social e em 2018 deu-se início à obra. A empreitada engloba um lar, um centro de dia, a prestação de apoio domiciliário e um centro de convívio. O investimento total previsto ronda os 2,1 milhões euros. Dionísio Abreu de Campos explica que a associação não tem capacidades financeiras para finalizar a obra e por isso tem existido uma colaboração com a Câmara Municipal de Santarém, que vai apoiar em cerca de 150 mil euros sendo que cerca de 70 mil euros já foram atribuídos.
Embora ainda falte muito para concluir a obra, já está construído um salão, a recepção, biblioteca, três salas da área administrativa, um posto médico, três salas de fisioterapia, espaço de lavandaria, o salão que serve para centro de dia e convívio e parte da cozinha. O que está por finalizar são os acabamentos da primeira área já construída e a construção do bloco do lar. Cerca de 500 mil euros já foram investidos na obra. A área total é de 2.100 metros quadrados e as obras estão a decorrer na localidade do Grainho, em Santarém, na urbanização do Casal do Pereiro. O lar vai ter 20 quartos (40 utentes) sendo que o apoio domiciliário vai ser dado a meia centena de pessoas. O centro de dia visa acolher 25 pessoas.

Passeios, sardinhada e viagem anual

Dentro da programação para 2024 da associação inclui-se a comemoração do Dia da Mulher, em Março, a viagem à Europa Central, a sardinhada, em Junho, e a viagem aos Açores, em Setembro. No dia 17 de Fevereiro realizou-se uma noite de fados na Casa do Campino, em Santarém, que teve a actuação de fadistas como João Chora e Sílvia Filipe e cujo propósito foi reunir fundos para a construção do complexo social. Existem ainda colaborações que a associação faz com as câmaras municipais das regiões das beiras no que toca a eventos que são organizados.

Um beirão no Ribatejo

Dionísio Abreu de Campos é natural de Penamacor, distrito de Castelo Branco, na Beira Baixa. Apesar de ter mais anos de residência em Santarém considera-se um beirão. “Todos devemos ter orgulho nas nossas origens”, afirma. Reside em Santarém desde 1969. O primeiro emprego em Santarém foi numa casa agrícola no Alto do Vale de Santarém. Esteve ligado à área da estatística durante 20 anos trabalhando como auditor e supervisor numa empresa que presta serviços de estudos de mercado e estudos económicos tendo-se aposentado aos 63 anos. O pai de Dionísio Abreu de Campos era agricultor e a mãe proprietária de uma padaria.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1660
    17-04-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1660
    17-04-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo